Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Trevo-dos-prados ajuda a tratar a osteoporose na menopausa

O trevo-dos-prados é uma planta medicinal que tem sido muito utilizada para ajudar a aliviar alguns dos sintomas mais comuns da menopausa, como ondas de calor, suores noturnos, secura vaginal e, até, a perda de massa óssea que leva ao desenvolvimento de osteoporose.

Esta planta contém na sua composição uma elevada quantidade de isoflavinas, que é um tipo de substância capaz de imitar a ação do hormônio estrogênio, que vai diminuindo na mulher a partir dos 40 ou 50 anos. Assim, o organismo continua a funcionar normalmente, sem produzir os sintomas provocados pela diminuição dos estrogênios após essa idade.

Devido a este efeito, o uso do trevo-dos-prados também é capaz de evitar a reabsorção do cálcio presente nos ossos, mantendo a sua massa e evitando que fiquem mais finos e frágeis, prevenindo as fraturas comuns da menopausa.

Trevo-dos-prados ajuda a tratar a osteoporose na menopausa

Além disso, o trevo-dos-prados pode ser usado para aliviar ou tratar problemas respiratórios e afeções da pele, como psoríase. Veja outro excelente remédio caseiro para reduzir os sintomas de psoríase.

Onde comprar

O trevo-dos-prados pode ser encontrado em lojas de produtos naturais, feiras livres e, até, em alguns supermercados, sob a forma de embalagens com flores secas, cápsulas ou de extrato concentrado.

Para que serve

Além da sua capacidade para aliviar os sintomas da menopausa, e devido às suas propriedades laxantes, depurativas e cicatrizantes, o trevo-dos-prados é também utilizado no tratamento e alívio sintomático de problemas como:

  • Psoríase;
  • Acne;
  • Eczema;
  • Furúnculos,
  • Tosse,
  • Catarro;
  • Bronquite;

Quando tomado por mais de 14 dias, o trevo-dos-prados também pode ter uma leve ação laxante, ajudando a regular o trânsito intestinal de pessoas que sofrem frequentemente com prisão de ventre.

Como utilizar

A dose ideal para tratar a menopausa é de 40 ou 80 mg de isoflavina e, por isso, a melhor opção é optar por tomar as cápsulas do trevo, pois é mais fácil controlar a quantidade.

Trevo-dos-prados ajuda a tratar a osteoporose na menopausa

Já para os outros problemas, é recomendado consultar um fitoterapeuta para saber a dose recomendada, dependendo da intensidade dos sintomas.

Se preferir, pode fazer um chá da planta, adicionando uma colher de chá de flores secas a 175 mL de água fervente, deixando repousar por 10 minutos. Depois de amornar e beba o chá 3 vezes ao dia.

Quais os efeitos colaterais

O trevo-dos-prados é bem tolerado e, por isso, não estão descritos efeitos colaterais do seu uso, no entanto, ele deve ser utilizado apenas com o conhecimento de um fitoterapeuta, especialmente quando se faz terapia de reposição hormonal ou se utiliza anticoagulantes, como Ácido acetilsalicílico ou Varfarina.

Quem não deve utilizar

O trevos-dos-prados não deve ser utilizado durante a gravidez ou por mulheres que estão amamentando.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...