Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para pericardite aguda, crônica e outros tipos

A pericardite corresponde à inflamação da membrana que reveste o coração, o pericárdio, resultando em muita dor no peito, principalmente. Essa inflamação pode ter diversas causas, sendo mais frequentemente resultado de infecções.

Devido às diversas causas e tipos de pericardite, o tratamento deve ser feito de acordo com cada caso, sendo normalmente realizado em casa com repouso e uso de analgésicos indicados pelo médico. Entenda o que é a pericardite e como identificar.

Tratamento para pericardite aguda, crônica e outros tipos

O tratamento da pericardite depende da sua causa, evolução da doença e complicações que podem ser surgido. Assim, o tratamento que pode ser estabelecido pelo cardiologista normalmente são:

1. Pericardite aguda causada por vírus ou sem causa conhecida

Esse tipo de pericardite é caracterizado pela inflamação do pericárdio, que é o tecido que envolve o coração, devido à infecção por vírus ou alguma outra condição que não pôde ser identificada.

Assim, o tratamento estabelecido pelo cardiologista tem como objetivo aliviar os sintomas, sendo recomendado:

  • Analgésicos, que são indicados para aliviar as no corpo;
  • Antipiréticos, que têm como objetivo reduzir a febre;
  • Anti-inflamatórios não esteroides, que devem ser tomados de acordo com a orientação do médico, sendo geralmente indicadas doses altas durante duas semanas;
  • Remédios para proteção gástrica, no caso do paciente apresentar dores no estômago ou úlceras;
  • Colchicina, que deve ser adicionado aos anti-inflamatórios não esteroides e mantido por um ano como prevenção de recorrência da doença. Saiba mais sobre a colchicina.

Além disso, é de extrema importância que o paciente fique em repouso até que os sintomas desapareçam e que a inflamação seja controlada ou desapareça.

2. Pericardite causada por bactérias

Nesse caso, a inflamação do tecido que envolve o coração é causada por bactérias e, por isso, o tratamento é feito principalmente com o uso de antibióticos com o objetivo de eliminar a bactéria.

Além do uso de antibióticos, o cardiologista pode indicar o uso de anti-inflamatórios não esteroides e, nos casos mais graves, internamento hospitalar, drenagem do pericárdio ou remoção cirúrgica.

3. Pericardite crônica

A pericardite crônica é causada pela inflamação lenta e gradual do pericárdio, não sendo muitas vezes percebidos os sintomas. Saiba mais sobre a pericardite crônica.

O tratamento para esse tipo de pericardite normalmente é feito com o objetivo de aliviar os sintomas, como por exemplo o uso de medicamento diuréticos que ajudam na eliminação do excesso de líquidos. Além disso, a depender da causa e da progressão da doença, pode ser indicado pelo médico o uso de medicamento imunossupressores ou cirurgia para remoção do pericárdio.

Tratamento para pericardite aguda, crônica e outros tipos

4. Pericardites secundárias a outras doenças

Quando a pericardite acontece devido à alguma doença, o tratamento é feito de acordo com a sua causa, sendo normalmente recomendado pelo médico:

  • Anti-inflamatório não hormonal (AINH), como o Ibuprofeno;
  • Colchicina, que pode ser tomada isolada ou associada ao AINH, dependendo da recomendação médica. Pode ser utilizada no tratamento inicial ou nas crises de recorrência;
  • Corticoides, que são normalmente indicados nos casos de doenças do tecido conjuntivo, pericardite urêmica, e nos casos que não responderam à Colchicina ou AINH.

5. Pericardite com derrame

Esse tipo de pericardite é caracterizado pelo acúmulo lento de líquido no pericárdio e, por isso, o tratamento é feito por meio de punção pericárdica para extrair o líquido acumulado, diminuindo os sinais inflamatórios.

6. Pericardite constritiva

Nesse tipo de pericardite há o desenvolvimento de um tecido, semelhante a uma cicatriz, no pericárdio, o que pode resultar, além de inflamação, em obstrução e calcificações, interferindo no funcionamento normal do coração.

O tratamento para esse tipo de pericardite é feito com:

  • Remédios anti tuberculose, que devem ser iniciado antes da cirurgia e mantido por 1 ano;
  • Medicamentos que melhorem a função cardíaca;
  • Medicamentos diuréticos;
  • Cirurgia para retirada do pericárdio.

É importante referir que a cirurgia, principalmente nos casos de pericardite associada a outras doenças cardíacas, não deve ser adiada, pois pacientes com grande limitações na função do coração, podem correr maiores riscos de morte e o benefício da cirurgia é menor.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...