Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamentos para o câncer de testículo

O tratamento para o câncer de testículo deve ser orientado por um urologista e pode ser feito com cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, dependendo do estágio e desenvolvimento do tumor, bem como estado geral de saúde do paciente.

Geralmente, o tratamento para câncer de testículo é iniciado com cirurgia para expor o testículo afetado e retirar o máximo de células tumorais.

Após a cirurgia, e caso existam sinais de metástases, o médico pode ainda recomendar fazer quimioterapia ou radioterapia para eliminar as restantes células tumorais, evitando que o câncer volte a surgir.

Presença de tumor no testículoPresença de tumor no testículo
Região onde pode ser feito o corte da cirurgiaRegião onde pode ser feito o corte da cirurgia

Efeitos colaterais do tratamento para câncer de testículo

Os efeitos colaterais do tratamento para câncer de testículo são mais frequentes em pacientes com tumor em ambos os testículos e incluem:

  • Infertilidade;
  • Ejaculação retrógrada;
  • Redução dos níveis de testosterona.

Além disso, durante o tratamento também pode surgir queda de cabelo, vômitos, diarreia, anemia ou cansaço excessivo devido ao uso de quimioterapia ou radioterapia.

Caso o homem com câncer de testículo pretenda ter filhos é recomendado fazer uma reserva de esperma antes de iniciar o tratamento, garantindo que, mesmo que surjam efeitos colaterais, possa engravidar através de inseminação artificial, por exemplo.

Sinais de melhora do câncer de testículo

Os sinais de melhora do câncer de testículo surgem logo após a retirada do testículo, no entanto, o homem deve fazer consultas regulares no urologista para fazer exames de sangue e ultrassom para garantir que o câncer foi completamente eliminado.

Sinais de piora do câncer de testículo

Os sinais de piora do câncer de testículo surgem quando as células tumorais não foram completamente eliminadas do organismo e podem incluir surgimento de dor no testículo que não tinha sido afetado, perda de peso ou cansaço excessivo, por exemplo.

Saiba mais sobre este problema em:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...