Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Coleta de espermatozoides é opção de tratamento para engravidar

A coleta de espermatozoides diretamente do testículo, também chamada de punção testicular, é feita através de uma agulha especial que é colocada no testículo e que aspira os espermatozoides, que depois serão guardados e usados para formar um embrião.

Essa técnica é usada para homens com azoospermia, que é a ausência de espermatozoides no sêmen, ou com problemas de ejaculação, como nos casos de ejaculação retrógrada.

Técnicas de coleta de espermatozoides

Existem 3 principais técnicas para coletar os espermatozoides no homem:

  • PESA: os espermatozoides são retirados do epidídimo através de uma agulha. Nesta técnica utiliza-se apenas anestesia local, e o paciente dorme durante o procedimento, recebendo alta no mesmo dia;
  • TESA: os espermatozoides são retirados do testículo através de uma agulha, utilizando-se anestesia local aplicada na virilha. Esta técnica é utilizada quando a PESA não traz bons resultados, e o paciente recebe alta no mesmo dia;
  • MESA: os espermatozoides são retirados do testículo, através de um pequeno corte feito nessa região. Este procedimento é feito com anestesia local ou peridural, e consegue-se retirar um maior número de espermatozoides que nos outros, sendo necessário ficar internado por 1 ou 2 dias.

Todas as técnicas apresentam baixo risco, sendo necessário apenas um jejum de 8 horas antes da realização do procedimento. Os cuidados após a coleta de espermatozoides são apenas lavar a região com água e sabão neutro cuidadosamente, colocar gelo no local e tomar remédios analgésicos prescritos pelo médico.

Técnica de punção testicularTécnica de punção testicular

Como os espermatozoides serão utilizados

Após a coleta, os espermatozoides serão avaliados e tratados em laboratório, para então serem usados através da:

  • Inseminação artificial: os espermatozoides são colocados diretamente no útero da mulher;
  • Fertilização in vitro: a união do espermatozoide do homem e do óvulo da mulher é feita em laboratório para gerar o embrião, que será depois colocado no útero da mãe para o desenvolvimento do feto.

O sucesso da gravidez também dependerá da idade e das condições de saúde da mulher, sendo mais fácil em mulheres com menos de 30 anos.

Antes da punção testicular, outras técnicas podem ser usadas para tratar a infertilidade no homem e favorecer a gravidez.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...