Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como tratar o Impetigo para curar as Feridas mais rápido

O tratamento para o impetigo deve ser feito aplicando uma pomada antibiótica receitada pelo médico. O tratamento deve ser iniciado o quanto antes, para evitar que a evolução desta infecção alcance regiões mais profundas da pele, sendo mais difícil o tratamento e eliminação da bactéria. Normalmente é indicado aplicar a pomada 3 a 4vezes por dia, durante 5 a 7 dias ou até que as feridas desapareçam completamente. 

O impetigo é mais frequente nas crianças e é contagioso, por isso a pessoa infectada não deve ir para a escola ou trabalho até que a doença tenha sido controlada. Durante o tratamento para controlar o Impetigo é recomendado separar toda a roupa, toalhas, lençóis e objetos de uso pessoal para evitar que a doença passe para outras pessoas da família.

Impetigo leveImpetigo leve
Pomada para impetigoPomada para impetigo

Quando a pessoa apresenta pequenas feridas com crosta na pele estas podem ser removidas com água e sabão, o que costuma ser suficiente. No entanto, quando as feridas são grandes, tendo mais de 5 mm de diâmetro não se deve remover a crosta, mas sim passar a pomada ou a loção recomendada pelo médico.

Remédios para Impetigo

As pomadas antibióticas que podem ser usados são bacitracina, ácido fusídico ou mupirocina, mas como estes podem levar à resistência bacteriana estes não devem ser usados com frequência na mesma pessoa, nem por tratamentos por mais de 8 dias.

Assim, os remédios que podem ser indicados são:

  • Soro fisiológico para amolecer as feridas, aumentando a eficácia da pomada;
  • Loção antisséptica como o Merthiolate para eliminar os germes;
  • Pomadas antibióticas como: neomicina, nebacetin, mupirocina, gentamicina, retapamilina ou Cicatrene, por exemplo.
  • Amoxicilina + Clavulanato pode ser usado em bebês e crianças, quando há muitas lesões ou sinais de complicações.
  • Compridos antibióticos como: eritromicina ou cefalexina, quando há muitas lesões na pele.

Normalmente o tratamento dura 7 ou 8 dias, e mesmo que as feridas na pele desapareçam antes, é preciso manter o tratamento durante todos os dias indicados pelo médico.

Veja alguns remédios caseiros que podem ajudar no tratamento clicando aqui.

Cuidados para não passar a doença para outros

A alimentação não precisa ser especial, mas é recomendado ingerir mais água ou líquidos como suco de fruta natural ou chás para acelerar a recuperação e evitar o ressecamento da pele, que poderia piorar as lesões.

O banho deve ser tomado pelo menos 1 vez por dia, e os remédios devem ser aplicados em todas as feridas logo a seguir ao banho. Toalhas de rosto, de banho, toalhinha de mão e roupas devem ser separadas diariamente para lavar com água quente e sabão, separadamente das outras roupas da família, para não espalhar a doença.

É recomendado que o doente lave as mãos com água e sabonete várias vezes ao dia e evite tocar em outras pessoas porque esta doença é altamente contagiosa. Pratos, copos e talheres devem ser lavados logo a seguir seu uso.

Também é importante evitar cobrir as feridas na pele com muita roupa, deixando a pele respirar e manter as unhas cortadas e lixadas para evitar possíveis infecções que podem ser causadas por coçar as feridas com as unhas sujas.

Depois de tratar das feridas da criança os pais precisam lavar as mãos e manter as unhas curtas e lixadas para evitar a contaminação.

O que fazer para não ter impetigo denovo

Para evitar ter impetigo novamente deve-se seguir o tratamento indicado pelo médico até que as feridas estejam totalmente curadas. Por vezes as bactérias ficam armazenadas dentro do nariz por longos períodos e por isso, se a criança colocar o dedo dentro do nariz para remover sujeira ou por hábito, suas unhas poderão cortar a pele e a proliferação dessas bactérias podem acontecer novamente.

Assim, é muito importante usar a pomada antibiótica por até 8 dias consecutivos e ensinar a criança que ela não pode colocar o dedo no nariz, para evitar que pequenas lesões aconteçam. Manter as unhas da criança sempre bem curtinhas e limpar seu nariz diariamente com soro fisiológico também são ótimas estratégias para evitar que o impetigo surja novamente.

Sinais de melhora

Os sinais de melhora começam a surgir entre 3 e 4 dias após o início do tratamento, com a diminuição do tamanho das feridas. Após 2 ou 3 dias do início do tratamento a pessoa já pode voltar à escola ou trabalho porque a doença deixa de ser transmissível.

Sinais de piora

Os sinais de piora geralmente surgem quando o tratamento não é realizado, sendo que o primeiro sinal pode ser o aparecimento de novas feridas na pele. Neste caso, o médico pode solicitar antibiograma para identificar a bactéria causadora da infeção e assim poder indicar o antibiótico mais indicado.

Complicações

As complicações devido ao impetigo são raras, e afetam mais as pessoas que tem o sistema imune comprometido, como pode acontecer em pessoas que estão em tratamento contra a AIDS ou contra o câncer, ou que possui algum tipo de doença auto imune. Nesse caso, pode haver aumento das feridas na pele, celulite, osteomielite, artrite séptica, pneumonia, glomerulonefrite ou septicemia quando a bactéria chega ao sangue e se espalha pelo corpo. Sinais que podem indicar complicações são urina muito escura ou ausente, febre e calafrios.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...