Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para hérnia de Morgagni

O tratamento para hérnia de Morgagni, que é um problema congênito raro no diafragma, deve ser orientado por um cirurgião geral e, normalmente, é feito com cirurgia para corrigir o problema logo após o diagnóstico.

Geralmente, a cirurgia é feita por laparoscopia através de um pequeno corte entre as costelas onde o cirurgião insere um pequeno tubo flexível até ao diafragma para corrigir o defeito do diafragma. Normalmente, o paciente precisa ficar internado entre 6 a 10 dias, podendo voltar a casa após esse tempo.

O tratamento para hérnia de Morgagni deve ser feito em todos os pacientes, mesmo quando não existem sintomas, uma vez que existe risco de ocorrerem complicações graves, como prolapso ou estrangulamento intestinal, caso uma parte do intestino passe pelo local da hérnia.

Sintomas da hérnia de Morgagni

Os principais sintomas da hérnia de Morgagni incluem:

  • Dificuldade para respirar;
  • Desconforto na região do esterno;
  • Infecções respiratórias recorrentes, como pneumonia;
  • Azia e má digestão;
  • Náuseas e vômitos;

Estes sintomas são muito raros e, por isso, é comum que a hérnia de Morgagni só seja identificada durante exames de rotina como raio X do tórax ou TAC adbominal, por exemplo.

Os sintomas da hérnia de Morgagni também podem indicar outro problema conhecido como hérnia de hiato.

Diagnóstico da hérnia de Morgagni

O diagnostico da hérnia de Morgagni pode ser feito através do raio X do tórax ou da TAC abdominal, por exemplo, porém, em alguns casos, pode ser necessário fazer uma endoscopia para confirmar a passagem de partes do trato gastrointestinal pelo local da hérnia.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...