Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para eritema nodoso

O eritema nodoso é uma inflamação da pele, que provoca o surgimento de nódulos avermelhados e dolorosos, e pode ter diversas causas, como infecções, gravidez, uso de medicamentos ou doenças da imunidade. Saiba mais sobre os sintomas e as causas do eritema nodoso.

Esta inflamação tem cura, e o tratamento é feito de acordo com a sua causa, prescrito pelo médico que acompanha o caso, podendo ser necessário o uso de:

  • Anti-inflamatórios, como indometacina e naproxeno, são feitos para diminuir a inflamação e melhorar os sintomas, principalmente a dor.
  • Corticóide, pode ser uma alternativa aos anti-inflamatórios para diminuir os sintomas e a inflamação, mas não deve ser usado quando há alguma infecção;
  • Iodeto de potássio pode ser utilizado se as lesões persistirem, pois pode ajudar a diminuir as reações na pele;
  • Antibióticos, quando existe alguma infecção bacteriana no organismo;
  • Suspensão de medicamentos que podem estar causando a doença, como anticoncepcional e antibióticos;
  • Repouso deve ser sempre realizado, como forma de ajudar o corpo a se recuperar. Além disso, realizar poucos movimentos com o membro afetado ajuda a aliviar a dor provocada pelos nódulos.

O tempo de tratamento varia de acordo com a causa da doença, entretanto, costuma durar de 3 a 6 semanas, e, em alguns casos, pode durar até 1 ano.

Tratamento para eritema nodoso

Tratamento natural para eritema nodoso

Uma boa opção de tratamento natural para o eritema nodoso é consumir alimentos que controlam a inflamação, e apenas deve ser feito como complemento do tratamento orientado pelo médico.

Alguns dos principais alimentos anti-inflamatórios são o alho, açafrão, cravo-da-índia, peixes ricos em ômega-3, como atum e salmão, frutas cítricas, como laranja e limão, frutas vermelhas, como morango e amora, e vegetais, como brócolis, couve-flor e gengibre. Confira a lista completa dos alimentos que ajudam a combater a inflamação.

Além disto, é importante evitar alimentos que podem piorar a inflamação e os sintomas do eritema nodoso, como frituras, açúcar, carne vermelha, enlatados e embutidos, leite, bebidas alcoólicas e alimentos industrializados. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...