Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para dispepsia

O tratamento para a dispepsia, que é um mal-estar sentido no abdômen e que causa sensação de estar cheio e queimação na garganta e estômago, inclui evitar os fatores que causam esses sintomas, como cigarro, leite ou café, por exemplo. Porém, é importante conhecer a causa da dispepsia, que na maioria dos casos é provocada por irritação do estômago, câncer, intolerância à lactose ou ansiedade, para adaptar o tratamento. 

Geralmente, o tratamento tem como objetivo ajudar o paciente a criar estratégias, que são muito individuais, para reduzir seus sintomas, porque uma vez que não há normalmente alterações objetivas em exames não é comum se fazer uma terapêutica medicamentosa pra curar a dispepsia, mas sim para aliviar os seus sintomas. Saiba mais em: Dispepsia.

Remédios para dispepsia

Para aliviar os sintomas de dispepsia pode-se usar analgésicos, para aliviar a dor no estômago, assim como medicamentos anti secretores usados para tratar a úlcera péptica, como Ranitidina ou Famotidina, por exemplo.

Tratamento natural para dispepsia

O tratamento natural para dispepsia baseia-se em evitar:

  • Estresse;
  • Cigarro;
  • Café;
  • Condimentos;
  • Leite;
  • Alimentos que produzem gases como feijão, couve de Bruxelas, brócolis, couve flor ou cebola.

Uma outra forma de aliviar os sintomas é usar uma bolsa de água morna e aplicá-la sobre a barriga durante as crises mais dolorosas. Veja também: Remédio caseiro para dispepsia.

Tratamento nutricional para dispepsia

O tratamento nutricional para dispepsia, envolve eliminar os alimentos que se manifestam intolerantes ao paciente e, para saber quais são os alimentos deve-se registrar as suas sensações depois da ingestão controlada de alimentos de forma a identificar que alimentos pode ser menos tolerante à mucosa originando os sintomas de dor, barriga inchada ou diarreia.

Só desta fora, o nutricionista poderá elaborar um plano alimentar balanceado, encorporando alimentos alternativos àqueles que o paciente não consegue ingerir e com valor nutricional equivalente.

O tratamento nutricional para dispepsia deve ser adaptado e alterado com o tempo e, por isso não se faz geralmente com apenas uma consulta. Além disso, exames de intolerância alimentar podem ser uma ferramenta útil para ajudar tanto o paciente como o profissional a elaborar um plano alimentar adequado às suas necessidades nutricionais e preferências alimentares.

Leia mais em:

Mais sobre este assunto:
Carregando
...