Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para costela cervical

O melhor tratamento para a síndrome da costela cervical é a cirurgia para retirada do excesso de osso. No entanto, esta técnica só é utilizada quando o paciente apresenta sintomas avançados, como dores fortes e formigamento dos braços, que impedem a realização das atividades diárias.

Antes de utilizar a cirurgia o ortopedista pode recomendar outras formas de aliviar os sintomas, que incluem:

  • Fazer alongamentos do pescoço de 2 em 2 horas. Veja como fazer em: Alongamentos para dor no pescoço;
  • Aplicar uma compressa morna no pescoço durante 10 minutos, podendo se passar uma fralda de pano ou uma toalhinha de mão a ferro, por exemplo;
  • Receber uma massagem no pescoço ou costas, pois ajuda a diminuir o acúmulo de tensão, relaxando os músculos do pescoço;
  • Aprender técnicas para proteger o pescoço e as costas nas atividades de vida diária, participando em terapia ocupacional;
  • Fazer fisioterapia com exercícios de alongamento e fortalecimento dos músculos do pescoço, aliviando a dor muscular.

Além disso, o médico também pode receitar anti-inflamatórios, como Diclofenaco, ou analgésicos, como Naproxeno e Paracetamol, para reduzir o desconforto e as dores provocadas pela costela cervical.

Sintomas aliviados pelo tratamento para costela cervical

Os sintomas aliviados pelo tratamento para costela cervical são:

Sintomas da costela cervicalSintomas da costela cervical
Costela cervical bilateralCostela cervical bilateral

Veja quais os outros sintomas desta síndrome: Sintomas da costela cervical.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...