Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como tratar a Cólera e formas de evitar

O tratamento para a cólera, que é uma infecção intestinal causada pela bactéria Vibrio cholerae, consiste em hidratação, através da ingestão de líquidos, além de uso de remédios para aliviar os sintomas, como analgésicos e anti-eméticos. O uso de antibióticos e hidratação na veia somente são necessários em casos de infecção grave, quando a pessoa encontra-se debilitada e incapaz de hidratar-se pela boca.

Além disso, também é importante realizar medidas de prevenção, já que esta bactéria se espalha facilmente através das fezes e vômitos de pessoas contaminadas, sendo recomendado beber somente água potável, evitar alimentos crus e manipulados, lavar as mãos sempre que for comer, manipular os alimentos ou após usar o banheiro, além de não frequentar ambientes com saneamento básico, como tratamento de esgoto e coleta de lixo. Entenda como acontece a transmissão pela cólera e os principais sintomas.  

Como tratar a Cólera e formas de evitar

Remédios para tratar a cólera

A principal forma de tratamento da cólera é a hidratação com o consumo de líquidos, como água, sucos e chás. Além disso, o soro de rehidratação oral, comprado em farmácias, ou o soro caseiro, são indicados para prevenir e tratar a desidratação, repondo a quantidade de líquidos e sais minerais que são perdidos na diarréia e vômito.

Saiba como preparar o soro caseiro da forma correta com a nossa nutricionista:

Entretanto, alguns remédios podem ser indicados pelo médico, apesar de nem sempre eles são necessários, já que a infecção pode não causar sintomas ou causar sintomas leves. Quando recomendados, os principais incluem:

  • Antieméticos: Metoclopramida, Bromoprida ou Dimenidrinato;
  • Antiespasmódicos: Hioscina, Butilescopolamina ou Elixir paregórico;
  • Adstringentes: caolin-pectina e carvão ativado;
  • Analgésicos: Dipirona ou Paracetamol;
  • Probióticos: lactobacilos.

Além disso, remédios para cessar a diarréia e o vômito nunca devem ser usados, pois impedem que as toxinas da bactéria sejam eliminadas pelo corpo, o que pode aumentar a inflamação abdominal.

Quando usar antibiótico

Os antibióticos nem sempre são necessários, e podem ser prescritos pelo médico em caso de diarreia grave ou com sangue, como forma de eliminar mais rapidamente os microorganismos intestinais. 

Alguns recomendados são: Sulfametoxasol + trimetropim, Tetraciclina, Doxiciclina ou Eritromicina, por exemplo.

Sinais de melhora e piora

Os principais sinais de melhora da cólera são a diminuição do vômito e da diarreia, além da melhora da cor e diminuição da fraqueza. Já os sinais de piora são palidez, emagrecimento, olhos fundos, boca seca, pele seca, além de batimentos cardíacos acelerados, cãibras e convulsões. Casos estes sintomas estejam presente deve-se manter a pessoa internada no hospital para receber o tratamento adequado. 

Além disso, quando grave, a cólera pode causar desidratação em poucas horas e esta complicação pode levar ao surgimento de comprometimento dos rins, alterações no intestino, arritmia cardíaca, pressão baixa e colapso cardíaco. 

Como tratar a Cólera e formas de evitar

Como é feita a prevenção

Para facilitar a cura e evitar que outras pessoas sejam contaminadas pela cólera, é importante adotar algumas medidas de higiene como:

  • Lavar as mãos de forma constante

Lavar as mãos constantemente com água e sabão sempre que utilizar o banheiro, antes de comer ou ao manipular alimentos, e sempre que estiver em contato com o vômito ou diarreia, assim como a roupa suja e possíveis locais contaminados como baldes, bacias e banheiros.

  • Alimentação

Ao preparar os alimentos, é importante lavar as mãos e todos os alimentos consumidos devem ser cozidos. A água fervida elimina a bactéria causadora da cólera e por isso é recomendado que sempre que tiver alguém doente em casa, toda a alimentação seja cozida, evitando as saladas. As frutas que têm casca podem ser consumidas e as que possuem casca fina devem ficar de molho em água com um pouco de cloro para que seja desinfetadas.

Toda água ingerida só deve ser filtrada ou fervida, não sendo recomendado tomar água que vem na torneira.

  • Roupas e toalhas

A toalha de rosto e de banho da pessoa infectada deve ser separada para uso individual e por isso as outras pessoas da mesma casa devem usar outras toalhas. A roupa suja também precisa ser bem lavada, de preferência separadamente. Se for preciso deixar para lavar mais tarde, deixe toda a roupa da pessoa com a infecção num balde ou bacia, separada.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...