Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para câncer linfático

O tratamento para câncer linfático pode variar conforme o comprometimento dos gânglios linfáticos e se as células cancerígenas já se espalharam ou não pelo corpo do indivíduo e pode ser feito com medicamentos, quando o câncer é descoberto em sua fase inicial, quimioterapia, radioterapia ou a junção dos dois.

A imunoterapia também é uma forma de tratamento que cada vez mais é utilizada e inclui a aplicação de vacinas e de anticorpos para ajudar o organismo a combater as células cancerígenas.

O câncer linfático é um tipo de câncer que afeta o sistema linfático, responsável pelas defesas do organismo, que se localiza nos gânglios linfáticos ou ínguas que se encontram espalhadas pelo corpo, podendo originar sintomas como o aumento destes gânglios linfáticos.

Segundo dados do INCA, Instituto Nacional do Câncer, este tipo de câncer pode ter um percentual de chances de cura variável de 30 a 70%, dependendo de fatores como o estado de saúde do indivíduo, a presença de outras doenças envolvidas, idade, estilo de vida e gravidade do tumor.

Desta forma, o paciente que foi diagnosticado precocemente e iniciou o tratamento o mais rapidamente possível pode curar-se do câncer linfático, embora os próximos 2 anos sejam decisivos, pois é nesta fase que o câncer tem mais chance de voltar.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem