Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para Brucelose

O tratamento para brucelose tem como objetivo aliviar a febre, o mal-estar, a dor de cabeça ou as dores musculares próprias da brucelose. O tratamento, que dura cerca de 2 meses, geralmente é feito com o uso de uma combinação de antibióticos em comprimidos como Doxiciclina e Rifampicina prescritos pelo médico.

Geralmente, logo após o início do tratamento, os sintomas da brucelose diminuem, mas a ingestão dos antibióticos deve-se manter durante as 8 semanas para se conseguir a cura definitiva da doença, que deve ser confirmada através da repetição do exame de sangue.

Em alguns casos, embora o tratamento tenha sido feito corretamente, os sintomas podem persistir por alguns meses, mesmo que a bactéria tenha sido eliminada totalmente. Saiba mais sobre os sintomas da doença em: Sintomas de Brucelose.

Durante o tratamento, é também importante que o paciente evite consumir produtos lácteos não pasteurizados como queijo, sorvete, leite ou manteiga caseiros que podem estar contaminados com brucelose para evitar nova contaminação.

A vacina para brucelose é uma forma de prevenção da doença e deve ser administrada a todas as crias fêmeas entre os 3 e os 8 meses para evitar a contaminação da doença pelos humanos. Saiba mais sobre a vacina para brucelose e o que fazer para se proteger em: O que fazer para não pegar Brucelose.

O que fazer durante o tratamento para Brucelose

Durante o tratamento para brucelose, é importante ter alguns cuidados como:

  • Consumir sempre produtos lácteos pasteurizados como leite, queijo, sorvete ou manteiga, por exemplo;
  • Evitar consumir carne mal cozida;
  • Usar luvas, óculos de proteção, avental e máscara se for agricultor, veterinário, caçador ou trabalhador de matadouro.

Estas medidas evitam que o indivíduo fique novamente contaminado com a Brucelose, pois a transmissão da doença ocorre através do consumo de carne mal cozida contaminada e de produtos lácteos não pasteurizados, da inalação da bactéria e do contato direto com sangue, saliva, fezes e outras secreções de animais contaminados através de feridas na pele.

Sinais de melhora da Brucelose

Os sinais de melhora da Brucelose geralmente começam com o início do tratamento e incluem a diminuição da febre, do mal-estar, das dores musculares e do cansaço excessivo.

Sinais de piora da Brucelose

Os sinais de piora da Brucelose surgem quando o indivíduo não faz o tratamento corretamente e incluem a fadiga constante, a febre recorrente, o aparecimento de dor nas articulações, a depressão e o inchaço dos testículos e do escroto nos homens.

Complicações da Brucelose

A Brucelose quando não tratada pode tornar-se crônica, podendo afetar qualquer parte do corpo e originando complicações como endocardite, que é a infecção do revestimento interno do coração, artrite, inflamação e infecção dos testículos no homem, inflamação e infecção do baço e fígado e, nos casos mais graves, inflamações do sistema nervoso que pode levar à morte.

Saiba mais sobre a Brucelose em: Brucelose.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...