Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é feito o tratamento do câncer de mama

O tratamento para o câncer de mama varia de acordo com o grau de desenvolvimento do tumor, podendo ser feito através de quimioterapia, radioterapia ou cirurgia. Outros fatores que podem influenciar na escolha do tratamento são as características do tumor e características da mulher, como idade, presença de doenças associadas ou não e o fato de já ter entrado na menopausa.

Estes tratamentos são indicados principalmente para os tumores malignos, sendo que no caso de câncer de mama benigno normalmente só é preciso manter a vigilância constante do nódulo, sem ser necessário nenhum tipo de tratamento. Já no caso de câncer de mama metastático, em que o tumor se encontra muito desenvolvido, pode ser necessário utilizar uma combinação de todos os tratamento para tentar combater todas as células cancerígenas e aumentar as chances de cura.

O tratamento para o câncer de mama pode ser feito pelo SUS de forma gratuita nas Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia, conhecidas por UNACON e nos Centros de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia, também conhecidos por CACON. Para se iniciar tratamento para o câncer é importante contactar o INCA e seguir todas as indicações recomendadas para fazer o tratamento o mais próximo de casa.

Como é feito o tratamento do câncer de mama

As principais técnicas terapêuticas que podem ser indicadas pelo oncologista e pelo mastologista são:

1. Hormonioterapia

A hormonioterapia tem como objetivo diminuir a quantidade de hormônios femininos circulantes na corrente sanguínea, impedindo a proliferação das células cancerígenas. Esse tipo de tratamento é recomendado no caso de câncer de mama do tipo "receptor hormonal positivo", ou seja, que se se beneficiam pela terapia com medicamentos hormonais, uma vez que as células tumorais possuem receptores.

O médico pode indicar o uso do Tamoxifeno ou do Fulvestranto, que devem ser usados por cerca de 5 anos, mesmo que a mulher não apresente mais sinais indicativos de câncer. Além disso, o tamoxifeno pode ser indicado antes ou depois a cirurgia de remoção do tumor.

2. Cirurgia

A cirurgia é indicada para qualquer tipo de tumor na mama, independente do tamanho, pois remove muitas células cancerígenas, aumentando as chances de cura e facilitando o resto do tratamento. O tipo de cirurgia varia de acordo com o tamanho do tumor, sendo que a mastectomia radical, na qual a mama é retirada completamente, só é utilizada nos casos mais graves quando o câncer está muito espalhado. Nos outros casos, geralmente é apenas removida a parte da mama onde se encontra o tumor, sendo conhecida como mastectomia parcial.

Após a cirurgia, o médico poderá indicar ainda algumas sessões de radioterapia para eliminar células tumorais que podem não ter sido retiradas, especialmente nos casos de câncer de mama primários de alto risco ou câncer de mama avançado. 

3. Quimioterapia

O tratamento com quimioterapia é feito com o uso combinado de vários medicamentos indicados pelo oncologista e é comum o surgimento de efeitos colaterais como náuseas, vômito, dor de cabeça, falta de apetite e queda de cabelos. Por isso, é importante o acompanhamento de um psicólogo para ajudar a enfrentar estas alterações.

4. Radioterapia

O tratamento do câncer de mama com radioterapia é indicado quando a quimioterapia não é suficiente para eliminar todas células cancerígenas. Neste tipo de tratamento o paciente é submetido a radiação direta na região da mama e axila e é comum a complementação com quimioterapia.

5. Fisioterapia 

Após a cirurgia para retirada da mama deve-se iniciar a fisioterapia para combater o inchaço do braço, aumentar a amplitude dos movimentos com o ombro, melhorar a postura corporal, normalizar a sensibilidade e diminuir os espasmos e aderência cicatricial, que são complicações decorrentes da cirurgia associada à radioterapia, que afetam todas as mulheres tratadas dessa forma.

Como é feito o tratamento do câncer de mama

Tratamento do câncer de mama masculino

O tratamento do câncer de mama no homem é feito com os mesmos métodos utilizados na mulher, no entanto, como o diagnóstico geralmente é feito numa fase mais avançada da doença, existe menor chance de cura que as mulheres diagnosticadas logo no início da doença.

Desta forma, é fundamental que os homens também estejam atentos a sintomas de câncer de mama, como dor no peito ou líquido que sai do mamilo e ir no médico logo que detecta alguma alteração. Saiba como reconhecer o câncer de mama masculino.

Tratamento na gravidez

O tratamento para o câncer de mama na gravidez depende da idade gestacional, do tamanho e da extensão da doença. Todos os métodos podem ser realizados nas gestantes, no entanto possuem algumas restrições, uma vez que podem representar risco para a mulher e para o bebê.

A cirurgia para câncer de mama pode ser realizada em qualquer fase da gravidez, pois representa baixo risco e não interfere no desenvolvimento do bebê. No entanto, na maioria dos casos, apenas a cirurgia não é suficiente para tratar esse tipo de câncer, sendo necessária a realização de tratamento complementar com quimio ou radioterapia, que devem ser realizadas levando em consideração o período gestacional e o possível efeito no desenvolvimento do bebê.

Dessa forma, muitas vezes o médico prefere atrasar a realização da cirurgia para que seja possível iniciar o tratamento complementar com quimio e radioterapia a seguir sem que existam riscos. O tratamento quimioterápico é recomendado a partir do segundo trimestre de gestação, pois a partir do quarto mês de gravidez os riscos do tratamento para o bebê são menores.

Porém, quando é verificado que o câncer encontra-se mais avançado, o médico pode indicar que o tratamento seja feito no primeiro trimestre de gestação, podendo ser necessário interromper a gravidez para evitar danos ao bebê. Por outro lado, quando o tratamento é iniciado após o segundo trimestre deve ser interrompido até a 35ª semana ou 3 semanas antes do nascimento do bebê para evitar complicações durante o parto, como infecção generalizada ou hemorragia.

A radioterapia é outro método de tratamento que pode ser utilizado no câncer de mama, porém não deve ser utilizado na gravidez pois pode interferir no desenvolvimento do bebê e, por isso, só deve ser feita após o nascimento. Em alguns casos, quando a mulher possui o câncer em estado mais avançado e já se encontra no final da gestação, o médico pode optar por antecipar o parto para que a radioterapia possa ser iniciada logo a seguir.

Opções de tratamento natural para câncer de mama

O tratamento natural para câncer da mama apenas complementa o tratamento clínico realizado no hospital, não devendo substituir as indicações do médico. Para melhorar o tratamento de forma natural deve-se:

  • Consumir alimentos ricos em fibras em todas as refeições, como aveia integral, linhaça moída, e os alimentos integrais, e vegetais crus;
  • Diminuir o consumo de gordura e evitar o consumo de alimentos industrializados ou processados;
  • Parar de fumar, caso seja fumante;
  • Investir no consumo de alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos.

Este tipo de alterações na alimentação são muito importantes pois garantem um aumento de lignanas no organismo, que são substâncias que diminuem a produção de estrogênio, o principal hormônio responsável pelo desenvolvimento deste tipo de câncer.

Bibliografia >

  • CONSENSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOLOGIA - REGIONAL PIAUÍ. Câncer de Mama. 2017. Disponível em: <http://www.sbmastologia.com.br/medicos/wp-content/uploads/2018/03/C%C3%A2ncer-de-Mama-Consenso-da-SBM-Regional-Piau%C3%AD-2017.pdf>. Acesso em 23 Out 2019
  • VIEIRA, NIVALDO F. ET AL. Carcinoma de mama. Disponível em: <https://www.sboc.org.br/images/diretrizes/diretrizes_pdfs/Carcinoma_de_Mama.pdf>. Acesso em 23 Out 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem