Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tipos de prótese de silicone e como escolher

As próteses mamárias são estruturas de silicone, gel ou solução salina que podem ser utilizadas para aumentar os seios, corrigir assimetrias e melhorar o contorno da mama, por exemplo. Não há indicação específica para colocação das próteses de silicone, sendo normalmente solicitadas por mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho ou formato de sua mama, havendo impacto direto na auto-estima.

Muitas mulheres recorrem à colocação de próteses de silicone após a amamentação, já que os seios ficam flácidos, pequenos e, por vezes, caído, sendo indicado nesses casos a colocação da prótese cerca de 6 meses após o término da amamentação. Além disso, as próteses mamárias podem ser usadas no processo de reconstrução mamária no caso de remoção da mama devido ao câncer de mama.

O valor varia de acordo com volume desejado e características da prótese, podendo custar entre R$ 1900 e R$ 2500,00, no entanto, a cirurgia completa pode variar entre R$ 3000 e R$ 7000,00. No caso de mulheres que desejam a colocação de próteses devido à mastectomia, esse procedimento é um direito para as mulheres que possuem inscrição no Sistema Único de Saúde, podendo ser feito sem custos. Entenda como é feita a reconstrução mamária.

Tipos de prótese de silicone e como escolher

Como escolher o tipo de silicone

As próteses mamárias variam de acordo com a forma, perfil, tamanho e material, e, por isso, é importante que a escolha da prótese seja feita juntamente com o cirurgião plástico. Normalmente o cirurgião avalia tamanho do tórax, tendência à flacidez e aparecimento de estrias, espessura da pele e objetivo da pessoa, além de estilo de vida e planos para o futuro, como desejo de engravidar, por exemplo.

É importante que a colocação da prótese seja feito por um médico especialista regularizado pelo Conselho Federal de Medicina (CRM) e que a prótese esteja de acordo com os critérios de qualidade, tenha aprovação da ANVISA e possua prazo de vida útil de pelo menos 10 anos.

Tamanho da prótese

O volume da prótese varia de acordo com a estrutura física da mulher e do seu objetivo, podendo variar entre 150 e 600 ml, sendo recomendado, na maioria das vezes, a colocação de próteses com 300 ml. Próteses com volume superior, só são indicadas para mulheres com estrutura física capaz de suportar o peso das próteses, sendo indicado para mulheres altas e que possuem tórax e quadril largos.

Local de colocação

A prótese pode ser colocada por meio de uma incisão que pode ser feita por baixo da mama, axila ou na auréola. Pode ser colocado por cima ou por baixo do músculo peitoral de acordo com a composição física da mulher. Quando a pessoa possui pele ou gordura suficiente, é indicada a colocação da prótese por cima do músculo peitoral, deixando o aspecto mais natural.

Já quando a pessoa é muito magra ou não possui muita mama, a prótese é colocada por baixo do músculo.  Saiba tudo sobre a cirurgia para colocação de próteses mamárias.

Tipos de prótese de silicone e como escolher

Principais tipos

As próteses mamárias podem ser classificadas em alguns tipos de acordo com as suas características, como forma, perfil e material, podendo ser constituída por solução salina, gel ou silicone, sendo este último a escolha da maioria das mulheres.

Na prótese de solução salina, a prótese é colocada por meio de uma pequena incisão e enchida após a sua colocação, podendo ser ajustada após a cirurgia. Esse tipo de prótese é normalmente palpável e em caso de ruptura pode ser percebido um seio menor que o outro, diferentemente da prótese de gel ou silicone, em que na maioria das vezes não são percebidos sintomas de ruptura. No entanto, as próteses de gel ou de silicone são mais lisas e maciais e dificilmente palpáveis, sendo, por isso, a principal escolha das mulheres.

Forma da prótese

As próteses de silicone podem ser classificadas de acordo com a sua forma em:

  • Prótese cônica, em que pode ser notado maior volume no centro da mama, garantindo maior projeção para os seios;
  • Prótese redonda, que é o tipo mais escolhido pelas mulheres, pois deixa o colo mais desenhado e garante melhor contorno da mama, sendo normalmente indicado para mulheres que já possuem algum volume mamário;
  • Prótese anatômica ou em forma de gota, em que a maior parte do volume da prótese está concentrado na parte debaixo, resultando no aumento da mama de forma natural, porém deixa o colo pouco marcado.

As próteses anatômicas, por não darem tanta projeção aos seios e nem demarcarem bem o colo, não são normalmente escolhidas pelos cirurgiões e pelas mulheres com finalidade estética, sendo normalmente utilizadas em processos de reconstrução mamária, pois promovem o aumento da forma e contorno do seio de forma proporcional.

Perfil da prótese

O perfil da prótese é o que garante o resultado final, podendo ser classificado em super alto, alto, moderado e baixo. Quanto mais alto o perfil da prótese, mais empinada e projetada fica a mama e mais artificial é o resultado. As próteses com perfil super alto são indicadas para mulheres que possuem algum grau de queda dos seios, no entanto, o resultado pode ser pouco natural.

No caso do perfil moderado e baixo, a mama fica mais plana, não havendo projeção e nem marcação do colo, já que a prótese possui pouco volume e grande diâmetro. Assim, esse tipo de prótese é indicado para mulheres que desejam fazer a reconstrução mamária ou que não querem que os seios fiquem projetados muito para a frente, possuindo um resultado mais natural.

Quem não deve colocar silicone

A colocação das próteses de silicone é contraindicada para mulheres grávidas ou que estejam no período pós parto ou em amamentação, devendo esperar no mínimo 6 meses para colocar a prótese, além de não ser recomendado em caso de doenças hematológicas, auto-imunes ou cardiovasculares e para pessoas menores de 16 anos.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar