Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como funciona o teste do bafômetro

O bafômetro é um aparelho capaz de medir a percentagem de álcool no sangue, permitindo avaliar se a pessoa está com capacidade para fazer tarefas mais complexas e que possam colocar a vida em risco, como dirigir ou operar máquinas pesadas.

Dessa forma, este tipo de aparelhos é muito utilizado por policiais para quantificar os níveis de álcool no sangue de pessoas que pareçam embriagadas ou apenas como teste de rotina.

Como funciona o teste do bafômetro

1. Como funciona o aparelho?

Na maior parte dos bafômetro, quando se sopra para o interior do aparelho, ele recolhe cerca de 1 mL do ar expirado e coloca-o sobre uma célula reativa. Ao reagir, a célula libera uma pequena descarga elétrica, que é medida pelo aparelho.

De acordo com o tamanho da reação e da descarga, o bafômetro é capaz de identificar a quantidade de álcool que está presente no ar expirado e, aí, faz uma nova avaliação para indicar que percentagem de álcool essa quantidade representa em 100 mL de sangue.

2. Quais as percentagens de álcool permitidas?

Segundo o Conselho Nacional de Trânsito o limite máximo para que uma pessoa não seja multada é de 0,05 mg de álcool por cada litro de ar, avaliado pelo bafômetro. Já se for feito um exame de sangue, esse valor é de 2 dg por cada litro de sangue.

3. É possível enganar o bafômetro?

O bafômetro é um aparelho extremamente sensível que utiliza reações químicas para produzir o resultado, por isso, técnicas como mascar uma chiclete, beber vinagre ou chupar gelo não alteram o resultado, e podem até causar lesões no corpo.

4. Porque o álcool pode ser medido no ar expirado?

O álcool das bebidas é conhecido cientificamente como etanol e possui uma molécula muito pequena, que consegue passar facilmente as paredes do estômago e chegar até aos vasos sanguíneos, passando rapidamente para o sangue.

Uma vez que o corpo está uma temperatura de aproximadamente 37ºC, o álcool acaba evaporando e, quando isso acontece, é transportado para os alvéolos pulmonares, onde depois é eliminado através do ar expirado.

Assim, quanto maior for a quantidade de álcool ingerido, maior sera a concentração de etanol nos pulmões e, consequentemente, no ar expirado.

5. O resultado é sempre confiável?

O bafômetro deve ser calibrado regularmente para garantir que o resultado é confiável. Para isso, é utilizada uma garrafa de ar comprimido que contém uma percentagem exata de 0,08 mg de álcool. Quando esse ar é expelido e o bafômetro dá um resultado diferente, deve ser avaliado pela empresa que o produziu.

Assim, sempre que é feito um teste com o bafômetro, deve existir uma folha que garanta que foi feita uma calibração regular do aparelho.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...