Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de síndrome de Reye

Os sintomas da Síndrome de Reye resultam da inflamação do cérebro e acúmulo de gordura no fígado provocado pela ingestão de remédios como aspirina e derivados dos salicilatos, usados para tratar a febre nas crianças. Estes sintomas surgem cerca de 4 a 5 dias após as crianças terem gripe ou catapora e podem ser:

  • Náuseas;
  • Vômitos intensos;
  • Dor de cabeça forte;
  • Sonolência;
  • Desorientação;
  • Agitação;
  • Convulsões;
  • Delírio;
  • Visão dupla;
  • Falência hepática;
  • Coma.

À medida que os vômitos diminuem, após aproximadamente um dia, a criança começa a apresentar os sintomas relacionados com a inflamação e inchaço do cérebro.

As consequências da doença dependem da gravidade das alterações mentais e da velocidade da evolução do quadro, do grau de elevação da pressão intracraniana e da quantidade de amônia presente no sangue.

As crianças que sobrevivem à fase aguda da doença, geralmente, recuperam-se totalmente, já aquelas que apresentam convulsões podem apresentar posteriormente alguma evidência de lesão cerebral, como retardo mental, movimento muscular anormal ou lesão de nervos específicos.

Tratamento para Síndrome de Reye

O tratamento para Síndrome de Reye consiste na suspensão da toma de aspirina ou medicamentos derivados dos salicilatos e monitorização das funções cardíacas, respiratórias, cerebrais e hepáticas. Pode ser necessário a ingestão de vitamina K para controle de hemorragias e medicamentos corticoides para controle da inflamação cerebral. Devem, também, ser administrados por injeção na veia líquidos com eletrólitos e glicose.

Link útil:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...