Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de Doença Coronariana

Os sintomas da doença coronariana, geralmente estão relacionados à angina, que é uma sensação de dor em forma de aperto no peito, que dura de 10 a 20 minutos.  O indivíduo pode apresentar também algum dos seguintes sinais e sintomas:

  • Cansaço ao realizar pequenos esforços físicos,
  • Sensação de falta de ar;
  • Tontura;
  • Suor frio
  • náusea e/ou vômito.

Estes sinais podem indicar que a circulação sanguínea dentro dos vasos do coração do indivíduo não está bem.  Prováveis placas de ateroma (gordura) no interior das artérias, dificultam a passagem de sangue nos vasos que irrigam o músculo do coração. O sangue é o responsável por levar oxigênio para o músculo cardíaco trabalhar. Como o sangue não chega suficiente no músculo, o oxigênio transportado é em quantidade pequena para manter o trabalho cardíaco, o que acaba gerando a dor no peito.

A dor pode aparecer de maneira atípica como dor em queimor, em furada. Pode se localizar em ombro esquerdo, braço esquerdo, costas, região do estômago. Isso ocorre, principalmente, em indivíduos do sexo feminino, ou pacientes diabéticos ou pessoas mais idosas. 

A dor considerada típica é em aperto no peito ou na região do osso esterno que pode ir para o queixo, pescoço ou braços. Geralmente está associada a suor frio e náusea e pode apresentar muita falta de ar. Surge inicialmente aos esforços e com a piora, pode acontecer até mesmo com o individuo parado.

Diagnóstico da doença coronariana

Caso o indivíduo apresente estes sintomas, ele deverá procurar uma unidade de emergência cardiológica para que seja feita uma avaliação e, se necessário, alguns exames como eletrocardiograma e coleta no sangue das enzimas cardíacas. Se esses sintomas são leves e surgem apenas aos esforços e se o indivíduo não é portador de nenhuma doença como hipertensão, obesidade, diabetes e não fuma, recomenda- se procurar um cardiologista de consultório para que sejam solicitados exames como teste ergométrico, ecocardiografia, cintilografia miocárdica, dentre outros que forem necessários.

Tratamento para doença coronariana

O tratamento para doença coronariana vai depender do grau de comprometimento da lesão. Enquanto alguns poderão ser tratados somente com dieta e exercícios, outros deverão tomar medicamentos, além de controlar a pressão, a diabetes, a obesidade. Contudo, nos casos mais graves, o médico poderá indicar um cateterismo cardíaco e, se necessário, deverá realizar uma angioplastia ou uma cirurgia de revascularização do miocárdio.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...