Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

7 Dicas para vencer a depressão pós-férias

A depressão pós-férias é uma situação que provoca o surgimento de sentimentos depressivos, como tristeza, falta de vontade de trabalhar ou cansaço excessivo, logo após voltar de um período de férias ou assim que se volta a iniciar tarefas relacionadas com o trabalho ou com a escola.

Este tipo de sintomas é mais frequente em pessoas que já não estavam satisfeitas com o seu trabalho antes de ir de férias, o que acaba dificultando a adaptação ao regresso ao trabalho.

Embora a maioria das pessoas possa sentir um ligeiro sentimento de tristeza pelo final das férias, isso não significa que têm depressão, pois os casos de depressão são mais graves, chegando mesmo a afetar a produtividade.

7 Dicas para vencer a depressão pós-férias

Principais sintomas

Alguns dos sintomas de depressão pós-férias podem ser:

  • Dor muscular;
  • Dor de cabeça;
  • Insônia;
  • Cansaço;
  • Desânimo;
  • Angústia;
  • Ansiedade;
  • Culpa;
  • Raiva.

Estes sintomas podem surgir nas duas primeiras semanas de trabalho, sem ser considerado uma depressão, uma vez que a pessoa precisa voltar a adaptar-se à rotina de tarefas e preocupações.

O que fazer

Existem algumas medidas que podem ajudar a evitar a depressão pós-férias:

7 Dicas para vencer a depressão pós-férias

1. Dividir as férias em 3 períodos

Uma forma de controlar o desagrado causado pelo fim das férias, a pessoa pode optar por dividir os dias que tem disponíveis em 3 períodos e se possível regressar de viagem alguns dias antes do fim das férias, por exemplo, para que se se vá adaptando lentamente.

Dividir as férias em vários períodos também permite que a pessoa comece a pensar nas próximas férias e sentir algum entusiasmo.

2. Iniciar uma nova atividade

Iniciar ou praticar uma atividade de que se gosta, é também uma ótima forma de regressar com mais vontade à rotina diária. Além disso, algumas atividades como ir ao ginásio, praticar um desporto ou dança, por exemplo, mantém a pessoa distraída e com objetivos.

3. Conviver com amigos

O dia-a-dia pode ser tão agradável como os momentos em que se está de férias, se forem feitas outras atividades que façam a pessoa feliz, como estar com os amigos e a família e planear com estas pessoas um passeio, um jantar ou uma ida ao cinema, por exemplo.

4. Praticar a gratidão

Praticar a gratidão pode causar sentimentos de felicidade e prazer, simplesmente por agradecer diariamente as coisas boas que aconteceram durante o dia, que maior parte das vezes passam despercebidas.

Esta prática diária leva à liberação de hormônios responsáveis pela sensação imediata de bem-estar, porque se dá uma ativação do cérebro conhecida como sistema de recompensas, diminuindo também os pensamentos negativos. Saiba como praticar e quais os benefícios.

5. Planear um passeio no fim de semana

Uma outra dica para ganhar algum ânimo depois de regressar de férias, é planear um passeio pela cidade ou passar um fim de semana fora, num destino diferente do habitual e tranquilo, como a praia ou o campo, por exemplo.

6. Rever as lembranças da viagem

Rever os vídeos e as fotos que foram tiradas durante as férias, recordar alguns dos melhores momentos que lá se passaram ou criar um álbum com fotos e recordações da moeda do local, bilhetes de museus, espetáculos ou transportes é uma boa forma de passar o tempo e aumentar a boa disposição.

7. Mudar de emprego

Se aquilo que está a causar estes sentimentos é o regresso ao emprego e não o fim das férias, o melhor a fazer é começar a procurar um novo emprego. 

Caso já tenha passado algum tempo e, mesmo com estas dicas, não haja uma melhora na forma como a pessoa se sente, ela deve consultar um médico ou um psicólogo.

7 Dicas para vencer a depressão pós-férias

Benefícios de tirar férias regularmente

Tirar férias melhora a saúde porque um período contínuo de descanso longe da rotina do dia-a-dia diminui o estresse, melhorando a qualidade de vida na volta ao trabalho, especialmente em pessoas que sofrem de problemas cardíacos, hipertensão arterial, colesterol alto, asma, ansiedade, depressão, síndrome de burnout ou colite nervosa, por exemplo.

Apesar de ser um momento excelente para descansar e renovar forças, voltar das férias pode ser uma fase crítica por causa do reentrar na rotina e cumprir horários. Para prevenir esse mal estar, o último dia de férias deverá ser utilizado para reajustar o relógio biológico.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar