Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de Ataque Cardíaco

Embora o infarto possa acontecer sem sintomas, na maioria dos casos, pode ocorrer:

  • Dor no peito durante alguns minutos ou horas;
  • Dor ou sensação de peso no braço esquerdo;
  • Dor com irradiação para as costas, mandíbula ou apenas para a região interna dos braços;
  • Formigamento nos braços ou nas mãos;
  • Falta de ar;
  • Suor exagerado ou suor frio;
  • Náuseas e vômitos;
  • Tontura;
  • Palidez;
  • Ansiedade.

Saiba distinguir os sintomas de infarto em mulheres, jovens e idosos.

Sintomas de Ataque Cardíaco

O que fazer em caso de Ataque Cardíaco

Caso a pessoa suspeite que está tendo um ataque cardíaco, é importante que mantenha a calma e que ligue para uma ambulância imediatamente em vez de ignorar os sintomas e esperar que os sintomas passem. É fundamental procurar atendimento médico com urgência, pois o diagnóstico precoce e tratamento adequados são indispensáveis para o sucesso no tratamento.

Quando um ataque cardíaco é percebido com antecedência, o médico poderá prescrever medicamentos que dissolvam os coágulos que impedem a passagem de sangue para o coração, prevenindo o surgimento de mazelas irreversíveis.

Em alguns casos, pode ser necessário realizar um procedimento cirúrgico para revascularização do músculo cardíaco, que pode ser feito através de cirurgia torácica ou de radiologia intervencionista.

Como é feito o tratamento 

O tratamento para o ataque cardíaco pode ser realizado com medicamentos, como a aspirina, trombolíticos ou antiplaquetários, que ajudam a dissolver o coágulo e a fluidificar o sangue, analgésicos para a dor no peito, nitroglicerina, que melhora o retorno do sangue ao coração, por dilatarem os vasos sanguíneos, betabloqueadores e anti-hipertensores, que ajudam a diminuir a pressão sanguínea e relaxar o coração e os batimentos cardíacos e estatinas, que diminuem o colesterol no sangue.

De acordo com a necessidade, pode ser necessário realizar uma angioplastia, que consiste em colocar um fino tubo na artéria, conhecido por stent, que empurra a placa de gordura, abrindo espaço para o sangue passar.

Em casos onde existem muitos vasos comprometidos ou dependendo da artéria obstruída, pode ser necessária uma cirurgia cardíaca de revascularização, que consiste numa operação mais delicada, em que o médico retira parte de um artéria de outra região do corpo e acopla à coronária, de modo a mudar o fluxo sanguíneo. Após o procedimento,a pessoa deve ficar internada no hospital durante alguns dias e em casa, deve evitar esforços e alimentar-se corretamente.

Além disso, será necessário tomar medicamentos para o coração por toda a vida. Saiba mais sobre o tratamento.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar