Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas da Febre Tifóide e como é feito o diagnóstico

O aparecimento de pintas vermelhas no peito e no abdômen, perda de peso, mal estar geral, dor de cabeça e diminuição do apetite podem ser indicativos de infecção pela bactéria Salmonella typhi, responsável pela febre tifoide.

A febre tifoide pode ser adquirida por meio do consumo de água e alimentos contaminados por fezes ou urina de pessoas portadoras dessa bactéria, por isso é importante manter as mãos sempre limpas e ter cuidado ao manusear e preparar os alimentos.

Sintomas da Febre Tifóide e como é feito o diagnóstico

Principais sintomas

Os primeiros sintomas da febre tifoide são leves, já que o período de incubação da bactéria é de 1 a 3 semanas, podendo agravar depois desse período. Os principais sintomas da febre tifoide são:

  • Febre alta;
  • Pintas avermelhadas na pele, principalmente no peito e abdômen;​
  • Dor de barriga;
  • Dor de cabeça;
  • Mal estar geral;
  • Problemas gastrointestinais, como vômitos, diarreia ou prisão de ventre;
  • Aumento do fígado e do baço;
  • Perda de apetite e de peso;
  • Diminuição do ritmo cardíaco;
  • Inchaço da barriga;
  • Tosse seca;
  • Depressão.

A febre tifoide pode ser transmitida por meio do contato direto com as mãos, secreções ou vômito de uma pessoa doente ou portadora da bactéria, além de também poder ser adquirida por meio da ingestão de água ou alimentos contaminados por fezes ou urina de pessoas portadoras da Salmonella typhi. Conheça mais sobre a febre tifoide.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da febre tifoide é feito pelo médico infectologista ou clínico geral baseado nos sintomas apresentados pela pessoa e hábitos de vida e higiene. Além disso, são realizados exames de sangue, fezes e urina para identificar a infecção pela bactéria, além de exames microbiológicos, como a coprocultura e a hemocultura, que é realizada quando o paciente encontra-se internado, que ajudam a definir qual o melhor antibiótico para tratar a doença.

Tratamento para febre tifoide

O tratamento para febre tifoide pode ser feito com antibióticos, repouso e ingestão de líquidos para o paciente se manter hidratado e, nos casos graves, o internamento hospitalar pode ser necessário.

A prevenção da febre tifoide pode ser feita por meio da vacina, cuidados de higiene diários, coleta frequente do lixo, preparação correta dos alimentos, fervura ou filtração da água antes de ser bebida e limpeza de 6 em 6 meses da caixa d'água. Saiba como é feito o tratamento e a prevenção da febre tifoide.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem