Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas da aterosclerose

A aterosclerose é uma doença inflamatória crônica que leva a formação de placas de ateroma ( gordura) dentro dos vasos sanguíneos, trazendo graves consequências quando presente nos vasos coronarianos.Os sintomas mais frequentes resultantes da presença de doença aterosclerótica no coração, são dor no peito ou desconforto, podendo irradiar para o pescoço, braços, barriga e parte superior das costas. Além da dor, o paciente pode também sentir cansaço após esforços, falta de ar e fraqueza.

Dependendo da gravidade e tamanho das placas, a doença pode se manter sem sintomas, de maneira silenciosa por vários anos.

Causas da aterosclerose

As causas da aterosclerose são o acúmulo de placas de gorduras e outras substâncias nas artérias do coração. Esse acúmulo leva ao estreitamento das artérias, resultando em diminuição ou interrupção do fluxo de sangue para o coração, o que resulta no que chamamos de angina ou infarto, dependendo da sua gravidade.

Sintomas da aterosclerose

Saiba mais em: Causas da aterosclerose.

Tratamento para aterosclerose

O tratamento para aterosclerose vai depender dos sintomas e da gravidade da doença. 

Algumas medicações que fazem parte do tratamento da doença aterosclerótica são:

  • Inibidores da enzima conversora da angiotensina (ECA): baixam a pressão arterial e protegem o coração e os rins;
  • Aspirina: previnem a formação de placas nas artérias;
  • Betabloqueadores: reduzem os batimentos cardíacos e baixam a pressão arterial, diminuindo o trabalho cardíaco;
  • Bloqueadores dos canais de cálcio: relaxam as artérias, baixam a pressão arterial e reduzem a tensão no coração;
  • Diuréticos: baixam a pressão e tratam a insuficiência cardíaca;
  • Nitratos: aliviam a dor no peito e melhoram o fluxo de sangue para o coração;
  • Estatinas: reduzem o colesterol e a formação de placas de ateroma;

Além dos remédios, poderá adotar um estilo de vida mais saudável, através das medidas descritas a seguir:

  • Evitar consumir bebidas alcoólicas;
  • Não fumar;
  • Fazer exercício físico pelo menos 30 minutos ao dia;
  • Reduzir o peso;
  • Manter uma dieta equilibrada;
  • Evitar o sal e gorduras.

Em determinados casos, onde as placas de ateroma ou gordura levaram a obstrução de mais de 80% da luz do vaso é necessário tratamento invasivo com angioplastia com stent ou balão, ou até mesmo cirurgia de revascularização com a colocação de pontes de safena ou mamária.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...