Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar e tratar a síndrome pós-orgasmo

A síndrome pós-orgasmo é uma condição rara que só afeta os homens alguns minutos ou horas após o orgasmo, provocando um estado semelhante a gripe com sintomas como:

  • Cansaço excessivo;
  • Dores musculares generalizadas;
  • Coceira nos olhos;
  • Coriza;
  • Sensação de febre;
  • Garganta inflamada;
  • Dor de cabeça.

Estes sintomas podem durar até 7 dias e surgem sempre que existe um orgasmo, mesmo que aconteça fora da relação sexual, como acontece após a masturbação ou durante os sonhos, por exemplo.

Como identificar e tratar a síndrome pós-orgasmo

Normalmente, os primeiros sintomas desta síndrome começam a aparecer na puberdade, mantendo-se por vários anos, no entanto, em alguns casos, podem demorar para surgir até a idade adulta.

O que causa esta síndrome

As causas da síndrome pós-orgasmo não são conhecidas, porém é possível que esteja relacionada a uma alergia do homem ao próprio sêmen que desencadeia uma reação exagerada do sistema imune, como o que acontece em casos de infecção pelo vírus da gripe.

Como é feito o tratamento

Ainda não é conhecida uma forma de tratamento para acabar com os sintomas da síndrome pós-orgâsmica, mas algumas opções de tratamento que parecem aliviar a intensidade dos sintomas incluem:

  • Tomar remédios antialérgicos, como Cetirizina ou Ebastina: ajudam a reduzir a reação exagerada do sistema imune em caso de alergia;
  • Tomar benzodiazepinas, como Lorazepam ou Alprazolam: atuam no sistema nervoso central diminuindo a resposta exagerada e evitando os sintomas tão intensos;
  • Dessensibilização: são feitas várias injeções de sêmen ao longo de várias semanas para habituar o organismo às substâncias presentes, aliviando o surgimento dos sintomas.

Nos casos mais graves, em que nenhuma forma de tratamento consegue aliviar os sintomas, o homem pode optar por ficar em abstinência sexual ou planear as relações sexuais para dias em que não tem compromissos importantes, para que possa recuperar dos sintomas.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...