Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quando sangue nas fezes pode ser Endometriose

A endometriose é uma doença na qual o tecido que reveste o interior do útero, conhecido como endométrio, cresce em outros locais do corpo além do útero. Um dos locais mais afetados é o intestino e, nesses casos, a mulher pode apresentar sangue nas fezes.

Isso acontece porque o tecido endometrial no intestino dificulta a passagem das fezes, o que acaba causando irritação da parede intestinal e sangramento. Porém, a presença de sangue nas fezes também pode ser provocada por outros problemas como hemorroidas, fissuras ou, até, colite, por exemplo. Veja outras causas comuns de sangue nas fezes.

Quando sangue nas fezes pode ser Endometriose

Assim, geralmente a endometriose só é suspeitada quando a mulher já tem histórico da doença em outro local ou quando surgem outros sintomas como:

  1. Sangramento que piora durante a menstruação;
  2. Prisão de ventre com cólicas muito dolorosas;
  3. Dor persistente no reto;
  4. Dor ou cólicas abdominais durante o contato íntimo;
  5. Dor ao defecar.

Em muitos casos, a mulher apresenta apenas 1 ou 2 destes sintomas, mas também é frequente que surjam todos os sintomas ao longo de vários meses, o que dificulta o diagnóstico.

Porém, se existir suspeita de endometriose é importante consultar um gastroenterologista para identificar se existe alguma alteração e iniciar o tratamento adequado.

Como saber se realmente é endometriose

Para confirmar a presença de endometriose o médico pode solicitar exames como colonoscopia ou até uma ultrassonografia transvaginal. Caso seja feito o diagnóstico, o médico pode ainda pedir uma videolaparoscopia para saber a gravidade da endometriose e quais os órgãos que estão afetados. Saiba mais sobre os exames para endometriose.

Se não for confirmada a endometriose o médico poderá pedir outros exames para identificar o que está causando o sangramento nas fezes.

Como tratar a endometriose

O tratamento para endometriose pode variar de acordo com os locais afetados, no entanto, é quase sempre iniciado com o uso de remédios hormonais, como os anticoncepcionais ou os remédios anti-hormonais, como o Zoladex, para controlar o crescimento de tecido endometrial.

No entanto, quando os sintomas são muito intensos ou quando a mulher quer engravidar e, por isso, não quer usar remédios hormonais, também pode ser considerada a cirurgia, na qual o médico retira o excesso de tecido endometrial dos órgãos afetados. Dependendo do grau da endometriose, existem órgãos que podem ter de ser completamente removidos, como os ovários, por exemplo.

Entenda melhor como é feito o tratamento da endometriose e quais as opções disponíveis.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...