Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Riscos da transfusão de sangue

Atualmente, doar e receber sangue é muito seguro, pois antes de realizar a transfusão é necessário analisar o sangue do doador, fazendo um exame de sangue específico e, por isso, desenvolver doenças contagiosas, como Aids ou Hepatite é muito raro. Saiba quem pode ser doador em: Quem pode doar sangue.

No entanto, quando se faz uma transfusão sanguínea existem alguns riscos, como:

  • Infeção provocada por bactérias;
  • Embolia pulmonar;
  • Hipotermia, que é a diminuição da temperatura do corpo;
  • Febre;
  • Reação alérgica, que pode provocar dificuldade em respirar;
  • Púrpura pós transfusional;
  • Arritmia cardíaca;
  • Alterações nos valores de potássio, provocando hipocalcemia ou hipocalemia.

Todas estas situações podem ocorrer depois de uma transfusão e, por isso, é fundamental que o paciente seja acompanhado por um enfermeiro enquanto faz a transfusão e durante as primeiras horas.

Além disso, quando ocorre alguma complicação da transfusão é preciso tratar imediatamente para evitar o risco de morte.

Veja como é feita a transfusão em: Transfusão de sangue.

Esta informação foi útil?

Sua opinião é importante! Escreva aqui como podemos melhorar o nosso texto:

Ficou alguma dúvida? Clique aqui para ser respondido.
Verifique o email de confirmação que lhe enviamos.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem