Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Retardo mental grave: Características e Tratamentos

O retardo mental grave é caracterizado pelo Quociente de Inteligencia (QI) entre 20 e 35. Neste caso a pessoa não fala quase nada, e precisa de cuidados por toda vida sendo sempre dependente e incapaz. 

Ela não pode ser matriculada na escola regular porque não consegue aprender, falar ou compreender em um grau que se possa avaliar, sendo sempre necessário apoio profissional especializado para que possa se desenvolver e aprender as palavras essenciais, como chamar pela mãe, pedir água ou ir ao banheiro, por exemplo. 

Retardo mental grave: Características e Tratamentos

Sinais, sintomas e características 

No caso do retardo mental grave a criança apresenta atraso no desenvolvimento motor, e nem sempre consegue aprender a sentar sozinho ou falar, por exemplo, por isso não tem autonomia e precisam diariamente do apoio dos pais ou outros cuidadores. Elas necessitam de apoio para se vestir, comer e cuidar de sua higiene pessoal por toda vida. 

O diagnóstico do retardo mental grave ou severo é feito ainda na infância, mas só pode ser confirmado após os 5 anos, que é quando se pode realizar o teste de QI. Antes dessa fase a criança pode ser diagnosticada com atraso no desenvolvimento psicomotor e podem ser realizados exames de sangue e de imagem que possam evidenciar outros comprometimentos cerebrais e doenças associadas, que necessitam de tratamentos específicos, como o autismo, por exemplo. 

O quadro a seguir indica algumas características e diferenças dos tipos de retardo mental: 

Grau de comprometimentoQIIdade mental Comunicação EscolaridadeAuto cuidado
Leve50 - 709 a 12 anosFala com dificuldade6ª sérieTotalmente Possível
Moderado36 - 496 a 9 anosVaria muito2ª sériePossível
Grave20 - 353 a 6 anosNão fala quase nadaxTreinável
Profundo 0 - 19até 3 anosNão consegue falarxx

Tratamentos para retardo mental grave 

O tratamento para retardo mental grave deve ser indicado pelo pediatra e pode envolver o uso de medicamentos para controlar os sintomas e outras situações que estejam presentes, como epilepsia ou dificuldades para dormir. A estimulação psicomotora também é indicada, assim como a terapia ocupacional para melhorar a qualidade de vida da criança e de sua família.

A expectativa de vida da criança com retardo mental grave não é muito longa, mas depende muito de outras doenças associadas, e do tipo de cuidado que consegue obter. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...