Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que significa remissão espontânea e quando acontece

Dezembro 2019

A remissão espontânea de uma doença acontece quando existe uma redução acentuada no seu grau de evolução, que não pode ser explicada com o tipo de tratamento que está sendo usado. Ou seja, a remissão não significa que a doença está completamente curada, porém, devido à regressão da sua evolução, apresenta maiores chances de cura.

No caso de câncer, a remissão espontânea normalmente provoca uma diminuição no tamanho do tumor, o que facilita o efeito de tratamentos como a quimioterapia ou radioterapia na destruição de células tumorais. Além disso, em alguns casos, a remissão espontânea pode até permitir que o tumor seja operado e retirado por completo.

Um dos casos mais comuns de remissão espontânea acontece nas pessoas infectadas com o vírus do HPV. Veja quando isso é mais frequente.

O que significa remissão espontânea e quando acontece

Porque acontece

Ainda não existe uma explicação comprovada para a remissão espontânea, no entanto, existem várias propostas da ciência para explicar este processo. Alguns dos fatores que parecem ter maior efeito são a mediação do sistema imune, a necrose tumoral, a morte programada de células, fatores genéticos e até alterações hormonais.

No entanto, também é bastante aceite que fatores psicológicos e espirituais possam ter um papel muito importante na remissão. Algumas das teorias que envolvem estes fatores incluem:

  • Efeito placebo: segundo esta teoria a expectativa positiva em relação ao tratamento pode provocar alterações químicas no cérebro que ajudam a combater vários tipos de doenças como câncer, artrite, alergias e até diabetes. Entenda melhor como funciona este efeito;
  • Hipnose: existem vários casos reportados associados à hipnose, especialmente na melhora acelerada de queimaduras, verrugas e asma;
  • Grupos de ajuda: estudos demonstram que pacientes com câncer de mama que frequentem grupos de ajuda apresentam uma expectativa de vida superior ao normal;
  • Interação entre doenças: esta é uma teoria que explica a remissão de uma doença como sendo resultado do surgimento de uma outra doença.

Além disso, embora sejam em menor número, também existem casos registrados de curas, para as quais a ciência não tem explicação.

Quando acontece

Ainda não existem dados suficientes para afirmar a frequência dos casos de remissão espontânea, porém, de acordo com os números registrados a remissão é muito rara, acontecendo em 1 em cada 60 mil casos.

Embora a remissão possa acontecer em quase todas as doenças, alguns tipos de câncer apresentam um maior número de casos. Esses tipos são o neuroblastoma, o carcinoma renal, o melanoma e as leucemias e linfomas.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem