Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

4 Remédios caseiros para Febre Amarela

Os chás de jurubeba, cardo-mariano, alcachofra ou boldo são excelentes opções de remédios caseiros para combater a febre amarela porque eles atuam sobre o fígado que encontra-se afetado nesta doença.

No entanto, estes chás apenas complementam o tratamento que deve ser indicado pelo médico que pode ser feito com analgésicos e antitérmicos que não contenham ácido acetilsalicílico, para não aumentar o risco de hemorragia.

Beber bastante líquidos e preferir alimentos de fácil digestão também é importante para se recuperar mais rápido e por isso é aconselhado comer mais frutas, legumes e verduras em todas as refeições e preferir beber água, suco de fruta natural ou chás, evitando as bebidas alcoólicas e os refrigerantes, nessa fase.

4 Remédios caseiros para Febre Amarela

Veja como preparar e consumir cada uma destas plantas medicinais:

1. Chá de jurubeba

A jurubeba possui propriedades protetoras do fígado, digestivas, para purificar o sangue, diminuir a febre e desobstruir o fígado e o baço e por isso ajudam a aliviar os sintomas de febre amarela como febre, vômitos e pele e olhos amarelados.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de folhas de jurubeba
  • 500 ml de água

Modo de preparo

Colocar a água para ferver e depois de fervida, adicionar as folhas de jurubeba. Depois, deixar amornar, coar e beber 3 xícaras do chá morno, sem açúcar, por dia.

2. Cardo-mariano

O cardo-mariano é bom para purificar o fígado, fortalecendo a membrana celular para que as toxinas não penetrem na célula com tanta facildade. Geralmente é consumido em cápsulas ou granulado porque seu chá não é de uso habitual. O cardo-mariano pode ser consumido em forma de cápsulas ou comprimidos, mas o chá é uma ótima opção caseira:

Ingredientes:

  • 150 ml de água fervente
  • 2 colheres de sopa de frutos de cardo-mariano esmagados

Modo de preparo:

Colocar a água quente sobre as folhas e deixar repousar por 15 minutos. Coar e tomar 3 a 4 xícaras por dia.

Seu consumo é contraindicado na gravidez, amamentação e em caso de alergiaàs compostas.

3. Alcachofra

A alcachofra ajuda a reduzir o colesterol e melhora o funcionamento do fígado e do pâncreas. Suas folhas podem ser consumidas cozidas em água e sal, mas também é aconselhado o extrato alcoólico preparado com estas folhas. Uma outra possibilidade é tomar as cápsulas de alcachofra que podem ser compradas em farmácias e lojas de produtos naturais. Para o chá:

Ingredientes:

  • 150 ml de água fervente
  • 1 colher de sopa de folhas de alcachofra esmagadas

Modo de preparo:

Colocar a água quente sobre as folhas e deixar repousar por 10 minutos. Coar e tomar 1 xícaras antes de cada refeição.

É contraindicado para gestantes e durante a amamentação por falta de comprovação científica de sua segurança nestas fases.

4. Boldo

 O boldo acalma e melhora a digestão e protege o fígado do efeitos dos radicais livres, sendo útil para auxiliar a função deste órgão. Pode ser encontrado em comprimidos, drageas, mas é facilmente encontrado no Brasil, estando presente em muitos quintais e floreiras. Para o chá:

Ingredientes:

  • 150 ml de água fervente
  • 1 colher de sopa de folhas de boldo picadas

Modo de preparo:

Colocar a água quente sobre as folhas e deixar repousar por 10 minutos. Coar e tomar  2 a 3 xícaras ao dia.

Não deve ser usado em caso de obstrução biliar, nem por mais de 4 semanas consecutivas. Também é desaconselhado durante a gravidez e amamentação.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...