Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Ranelato de estrôncio (Protelos)

O Ranelato de estrôncio é um medicamento usado para o tratamento da osteoporose grave.

O medicamento pode ser vendido com o nome comercial Protelos, é produzido pelos laboratório Servier e, pode ser comprado em farmácias sob a forma de sachês.

Preço do Renelato de estrôncio

O preço do Renelato de estrôncio varia entre 125 e 255 reais, dependendo da dose do medicamento, do laboratório e quantidade.

Indicações do Renelato de estrôncio

O Renelato de estrôncio está indicado para mulheres após a menopausa e homens com risco elevado de fratura, pois ajuda a reduzir o risco de fratura das vértebras e do colo do fémur.

Este medicamento, tem dupla ação, pois além de diminuir a reabsorção de osso, aumenta a formação de massa óssea, tornando-se uma alternativa para mulheres com osteoporose em menopausa sem recorrer à reposição hormonal.

Modo de Uso do Renelato de estrôncio

O tratamento com este medicamento apenas deve ser indicado por um médico com experiência no tratamento da osteoporose.

Geralmente, é indicado a toma de 2 g, uma vez por dia, por via oral, à hora de deitar, pelo menos duas horas após a refeição.

Este remédio deve ser administrado no intervalo das refeições, pois os alimentos, principalmente leite e produtos derivados, reduzem a absorção do renelato de estrôncio.

Além disso, os doentes tratados com ranelato de estrôncio devem ingerir suplemento de vitamina D e de cálcio se a dieta for inadequada, porém, apenas indicação médica.

Contra-indicações do Renelato de estrôncio

O renelato de estrôncio, está contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade à substância ativa ou aos demais componentes da fórmula do produto.

Além disso, esta contra-indicado em pacientes com trombose ou antecedentes de tromboembolismo venoso profundo e embolismo pulmonar e, não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Efeitos Secundários do Renelato de estrôncio

Os efeitos adversos mais frequentes do Renelato de estrôncio incluem náuseas, diarreia, cefaleias, insônia, vertigens e eczemas e dor nos ósseos e articulações.

Interações do Renelato de estrôncio

A Renelato de Estrôncio interage com alimentos, leite, produtos lácteos e anti-ácidos, pois reduzem a absorção do remédio. Além disso, deve-se suspender a sua administração durante o tratamento com tetraciclinas e quinolonas e, só deve ser iniciado o uso do medicamento após terminar o tratamento com estes antibióticos.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem