Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quando é melhor fazer dieta, tomar remédio ou fazer cirurgia para emagrecer

​Para emagrecer muitos quilos sem engordar de novo, nem sempre a dieta é suficiente porque quando há um grande acúmulo de gordura na barriga é comum o desenvolvimento de resistência à insulina,​ dificultando a dieta, e nestes casos pode ser aconselhado tomar remédios para emagrecer ou até fazer cirurgia.

4 passos para emagrecer com sucesso

Quando decidir que precisa emagrecer deve começar seguindo estes passos:

  1. Fazer exercício físico regularmente, de acordo com a capacidade e limitações que o peso e o sedentarismo impõe.
  2. Fazer uma dieta balanceada por, pelo menos, 4 semanas, e estabelecer um plano realista de perda de peso constante. 0,5 Kg por semana, por exemplo, é uma boa meta.
  3. Tomar algum remédio para emagrecer, natural ou não, que deve ser decidido e orientado por um profissional de saúde como o nutricionista ou o gastroenterologista.
  4. Fazer uma cirurgia para redução do estômago, quando o médico decidir que a perda de peso deve ser muito rápida porque existe risco de vida, por exemplo.

No entanto, em alguns casos, o exercício físico e a dieta bem orientados podem ser suficientes para emagrecer de forma eficiente e saudável, não sendo necessário utilizar o 3º e 4º passo, por exemplo.

Tomar remédios para emagrecerTomar remédios para emagrecer
Cirurgia para emagrecerCirurgia para emagrecer

Quando a cirurgia é aconselhada

As cirurgias para perder peso podem ser importantes ferramentas médicas para alcançar o peso ideal e a silhueta perfeita. Mas, a cirurgia para emagrecer, normalmente é o último recurso que o médico utiliza, porque se não for acompanhada de uma mudança de hábitos alimentares e de estilo de vida, o resultado não se mantém por muito tempo.

Existem vários tipos de cirurgias para emagrecer que médico pode aconselhar de acordo com o peso a perder e os problemas de saúde associados, que podem ser:

Cirurgia bariátrica: Reduzir o tamanho do estômago para que a quantidade ingerida de comida seja menor, permitindo emagrecer mais rápido, muito importante em casos de obesidade móbida.Veja mais detalhes em: Como funcionam as cirurgias para emagrecer.

Lipoaspiração: é uma cirurgia estética que remove as camadas de gordura, tornando a silhueta mais esbelta, no entanto, não promove a perda de peso e não é considerada uma cirurgia para emagrecer, mas é um método interessante para remover mais rapidamente a gordura localizada. Saiba mais detalhes sobre tipos de lipoaspiração em: Quando fazer uma lipoaspiração.

Além disso, existem muitos métodos estéticos que ajudam a eliminar a gordura localizada sem necessidade de cirurgia. Saiba quais são e quanto podem custar em: Tratamentos para perder barriga.

Quando começar a tomar remédio

Existem muitos remédios que prometem um emagrecimento rápido e com pouco sacrifício, porém todos normalmente têm efeitos prejudiciais à saúde, e por isso é que deve ser aconselhado por um médico para decidir qual é o melhor tipo e em que doses devem ser tomados. Veja alguns exemplos de remédios para emagrecer que podem ser prescritos em Remédios para emagrecer

Quando o emagrecimento for alcançado é importante interromper o uso do remédio de forma gradual com a orientação do médico que o receitou. Porém, é possível voltar a engordar depois de parar tomar os remédios, caso se abandonem os hábitos saudáveis de alimentação e exercício.

Como iniciar o programa de treino

Em caso de excesso de peso, o exercício mais aconselhado é a caminhada porque há menos risco de lesões nas articulações, mas ainda é suficiente para melhorar a circulação sanguínea e gastar as calorias acumuladas, facilitando a perda de peso. 

Uma boa estratégia é caminhar 20 minutos na grama diariamente, mantendo um bom ritmo e a respiração controlada. Veja um bom treino de caminhada para emagrecer.

No entanto, outros exercícios que podem ser indicados são hidroginástica ou andar de bicicleta, por exemplo.  Se for capaz de se movimentar com facilidade, além da caminhada também é indicado fazer um programa de fortalecimento dos músculos para aumentar o metabolismo, e após perder 8 a 10 kg a caminhada pode ser substituída pela corrida, se os joelhos assim permitirem. Mas em todo caso, é essencial o acompanhamento do profissional de educação física para evitar lesões.

Caminhar na gramaCaminhar na grama
Fazer dieta equilibradaFazer dieta equilibrada

Como começar a dieta

Comece diminuindo as calorias das refeições, sem reduzir o volume do prato. Um boa dica é retirar os molhos, como o creme de leite, da preparação das refeições, pois, assim, o estômago continua cheio com a mesma quantidade de comida, mas com menos calorias. Porém, para continuar a emagrecer é importante que a dieta seja adaptada constantemente, de preferência por um nutricionista, para que o emagrecimento não pare, alcançando o peso ideal.

Veja algumas dicas simples da sua nutricionista para sua dieta dar certo:

Normalmente, os 3 primeiros dias de dieta são os mais difíceis, pois nesta fase, resistir à tentação de comer a sua comida preferida ou faltar na ginastica são grandes desafios que, quando superados, fica mais fácil emagrecer.

As dietas líquidas, como aquelas que são aconselhadas depois de uma cirurgia bariátrica são muito restritivas e. apesar de ter poucas calorias e ajudar a emagrecer, não são as mais adequadas para emagrecer sem ter feito a cirurgia porque com este tipo de dieta é normal ter fome e não se consegue fazer por muito tempo e por isso é difícil emagrecer.

Assim, a decisão do melhor método ou da combinação de métodos que ajudam a emagrecer, em cada caso, é um processo que pode demorar alguns meses, dependendo dos quilos que se pretende perder e do risco que esse peso tem para a saúde.

É importante também lembrar que o acumulo de peso não aconteceu em apenas um mês e por isso não deve ser eliminado em muito pouco tempo, por isso antes de desistir do exercício físico e da dieta seja persistente e espere no mínimo 30 dias para pensar em tomar remédios ou experimentas outras formas menos naturais para emangrecer, garantindo saúde e bem-estar.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...