Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Prednisona: para que serve e posologia

A prednisona é um corticoide muito usado para tratar doenças inflamatórias, especialmente da pele, ossos ou músculos, ajudando a aliviar a dor, vermelhidão e o inchaço. No entanto, pode ainda ser usado em alguns casos como antialérgico e antirreumático.

Este medicamento pode ser encontrado em comprimidos de 5 ou 20 mg e pode ser comprado com receita médica com os nomes comerciais Corticorten, Predicorten, Predinis, Prednison ou Meticorten. Além disso, pode ainda ser encontrado sob a forma de injetável ou gotas oftálmicas sendo fabricada por laboratórios como Medley, EMS ou Neo Química, por exemplo.

O preço da Prednisona varia entre 11 e 16 reais dependendo da quantidade por caixa, da forma de apresentação e da marca que a comercializa.

Prednisona: para que serve e posologia

Para que serve

A Prednisona é indicada para o tratamento de doenças endócrinas, doenças dos ossos e dos músculos, distúrbios do colágeno, doenças da pele, doenças alérgicas, doenças dos olhos, doenças respiratórias, doenças do sangue, tumores e outras que respondam ao tratamento com corticosteroides.

Posologia e como tomar

A Prednisona pode ser usada em comprimidos, injeções ou gotas e, só deve ser usada por indicação médica, de acordo com a doença. No entanto, geralmente o médico indica:

  • Adultos: a dose varia de 5 a 60 mg por dia, devendo iniciar com doses baixas e aumentar conforme a necessidade;
  • Crianças: 0,14 a 2 mg por Kg corporal por dia, devendo iniciar em doses baixas e aumentar conforme a necessidade.

Após a obtenção de resposta favorável, o médico pode reduzir a dosagem pouco a pouco até atingir a dose de manutenção, que é a menor dose com resposta clínica adequada

É recomendado tomar o comprimido com um pouco de água pela manhã e no caso de prednisolona injetável, esta deve ser sempre aplicada por um enfermeiro ou médico.

Possíveis efeitos colaterais

A Prednisona, pode provocar aumento da pressão, devido à retenção de sódio e líquidos, fraqueza muscular, distensão do estômago e alterações da pele, como pele fina e com manchas, diminuição da motilidade e número de espermatozoides.

Além disso, quando é usada por tempo prolongado provoca cataratas ou glaucoma, especialmente nas crianças, aumenta o risco de infecções nos olhos devido a fungos ou vírus, assim como pode causar transtornos emocionais, psicose e instabilidade emocional. Veja mais efeitos colaterais dos corticóides.

Como a prednisona favorece a retenção de líquidos é normal a pessoa ficar mais inchada e aparentemente parecer ter engordado.

Quem não deve usar

A Prednisona está contraindicada durante a gravidez, amamentação, infecção fúngica sistêmica, em caso de alergia a algum dos componentes da fórmula.

Durante o tratamento com este remédio não é recomendado tomar nenhuma vacina, especialmente a vacina contra varíola. A vacinação só pode ser realizada nas pessoas que estejam tomando prednisona devido a doença de Addison, que é quando as glândulas suprarenais não produzem corticosteroide.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...