Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

5 razões para não usar palito nos dentes

O palito é um acessório de madeira que já é utilizado há muitos anos para remover pedaços de comida do meio dos dentes, evitando o acumulo de bactérias e o desenvolvimento de cáries.

No entanto, o seu uso pode não ser tão benéfico como esperado e pode, até, ser responsável pelo surgimento de problemas na boca, especialmente infecções, gengivite ou retração das gengivas, por exemplo.

Assim, a melhor opção é sempre utilizar a escova para limpar os dentes ou, se estiver fora de casa, usar o fio dental para remover a comida dos espaços entre os dentes. O palito, só deve ser utilizado em último caso, quando não existe outra opção disponível.

5 razões para não usar palito nos dentes

Porque não deve usar o palito

Embora ajude a retirar facilmente os pedaços de comida que ficam entre os dentes, o palito também possui várias desvantagens como:

1. Remove a camada protetora do dente

Por ser um objeto duro, e que é utilizado com força contra os dentes, o palito pode causar uma erosão do esmalte dentário, que é a camada mais exterior e que ajuda a proteger o dente contra bactérias e cáries.

Embora essa erosão seja muito reduzida, quando utilizado muito frequentemente, o palito pode causar falhas no esmalte, que vão aumentando com o tempo e permitindo a entrada de bactérias.

2. Aumenta o risco de infecções na gengiva

A ponta fina do palito é suficientemente afiada para perfurar facilmente a gengiva e causar uma ferida. Essa ferida, além de provocar alguma dor e desconforto, também acaba sendo uma porta de entrada de bactérias para o corpo. Assim, quando maior for o número de feridas e a frequência com que aparecem, maior é o risco de ter uma gengivite.

5 razões para não usar palito nos dentes

3. Aumenta os espaços entre os dentes

A maior parte das pessoas utiliza o palito sem muito cuidado, empurrando-o com força entre os espaços dos dentes para limpar melhor a comida que se foi acumulando. No entanto, esse movimento pode fazer com que os dentes vão se afastando ligeiramente, especialmente se feito várias vezes por dia, funcionando como um aparelho dentário que está constantemente empurrando os dentes, mas na direção contrária.

4. Provoca a queda de dentes

Em pessoas que têm uma gengiva retraída, os dentes podem ficar mais visíveis na base, podendo, até, expor a raiz do dente. Quando isso acontece, é fácil chegar com o palito nessa região do dente, que acaba sendo mais frágil e que pode quebrar ou sofrer micro-fraturas devido à ação do palito.

Quando a raíz é afetada, o dente fica menos estável e, por isso, além de causar alguma dor, também existe o risco de o dente cair, já que não se encontra bem preso na gengiva.

5. Estimula o crescimento da placa bacteriana

Embora possa parecer que os palitos ajudam a limpar os dentes e remover as bactérias, muitas vezes o que acontece é que o palito remove apenas uma parte da sujeira, empurrando o resto para um canto entre os dentes. Isso faz com que depois, ao usar a escova, seja mais difícil eliminar a sujeira, que acaba acumulando bactérias e contribuindo para o crescimento da placa bacteriana e desenvolvimento de cáries.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...