Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Pílula de fezes: para que serve e como funciona

Atualizado em Maio 2019

As pílulas de fezes são cápsulas constituídas por fezes desidratadas e microrganismos presentes no trato gastrointestinal de pessoas saudáveis e que estão sendo estudadas para serem usadas no combate à infecção pela bactéria Clostridium difficile e obesidade.

As pílulas são encapsuladas por um gel com o objetivo de evitar que sejam absorvidas antes de chegar ao trato gastrointestinal e possuem como função restabelecer a microbiota intestinal, estimular o combate à infecção e regular o metabolismo.

O uso das pílulas de fezes para obesidade ainda está em estudo, no entanto acredita-se que algumas bactérias intestinais estimulam o acúmulo de gordura. Por isso, ao usar a pílula de fezes composta por microrganismos do trato gastrointestinal saudável, essas bactérias seriam eliminadas e haveria perda de peso.

Pílula de fezes: para que serve e como funciona

Para que serve

Assim como o transplante de fezes, as pílulas de fezes podem ser utilizadas no tratamento de infecção por Clostridium difficile, já que é capaz de recompor a microbiota intestinal e estimular o combate à infecção, e no tratamento da obesidade.

O efeito das pílulas de fezes no tratamento contra a obesidade ainda é estudado, entretanto um estudo recente demonstrou que os pacientes que fizeram uso da pílula apresentaram diminuição da produção de ácidos biliares e alteração na composição microbiológica das fezes, ficando semelhante à composição das fezes utilizadas na fabricação da pílula.

Como funciona a Pílula de fezes

As pílulas de fezes são constituídas por bactérias encontradas nas fezes de pessoas saudáveis e tem como objetivo restabelecer a microbiota intestinal para promover o combate a infecções e ajudar no tratamento da obesidade, por exemplo. Acredita-se que o uso das pílulas de fezes promove a eliminação de bactérias presentes no intestino que estimulam o corpo a armazenar gordura, ajudando a combater a obesidade.

Em estudos realizados, as pessoas obesas tomam a pílula com o objetivo de restabelecer a microbiota e regular o metabolismo, voltam à rotina normal e são acompanhadas para verificar a perda de peso em 3, 6 e 12 meses. No entanto, são necessários ainda mais estudos para comprovar o efeito das pílulas na obesidade.

No caso do tratamento contra infecção por Clostridium difficile, as pílulas possuem eficácia igual ou superior ao transplante de fezes, além do uso ser considerado seguro e de não ser invasivo. Em um estudo realizado, a infecção foi combatida em 70% dos casos com o uso de uma pílula e quando foi tomada uma segunda pílula, foi verificado o combate de 94% dos casos. Apesar disso, as pílulas de fezes ainda não são aprovadas pelo Federal Drug Administration (FDA). Entenda como é feito o transplante de fezes.


Bibliografia

  • JORNAL CIÊNCIA. Pílula à base de fezes prometem ser a solução definitiva contra a obesidade. Link: <www.jornalciencia.com>. Acesso em 13 Mai 2019
  • YOUNGSTER, Ilan et al. Oral, frozen fecal microbiota transplant (FMT) capsules for recurrent Clostridium difficile infection. BioMed Central. Vol 14. 2016
  • G1. Pílula feita com bactérias de fezes pode combater infecções intestinais. Link: <g1.globo.com>. Acesso em 13 Mai 2019
  • KAO, D. et al. Effect of Oral Capsule– vs Colonoscopy-Delivered Fecal Microbiota Transplantation on Recurrent Clostridium difficile Infection: A Randomized Clinical Trial. Jama. Vol 318. 20 ed; 1985-1993, 2017
  • LIVE SCIENCE. 'Poop Pills' Work Just As Well As Traditional Fecal Transplants. Link: <www.livescience.com>. Acesso em 13 Mai 2019
  • EUREKALERT. First randomized controlled trial of FMT for obesity shows potential progress. Link: <www.eurekalert.org>. Acesso em 13 Mai 2019
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem