Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Pedra nos rins aumenta risco de infarto

Segundo uma publicação científica, os indivíduos portadores de pedra nos rins possuem um alto risco de sofrer de infarto agudo do miocárdio porque estes também possuem uma predisposição para acumular cristais de cálcio e placas de gordura nas paredes das artérias, uma das causas da doença.

Essa revelação faz com que, quando os indivíduos dirijam-se ao cardiologista, além dos exames referentes ao coração, sejam também solicitados exames para identificar possíveis cálculos renais. E, quando estes apresentarem inicialmente queixas de pedras nos rins, seja avaliada também a função cardíaca.

Para evitar a formação de pedras nos rins, recomenda-se uma boa ingestão de água e um baixo consumo de proteína de origem animal. Já para evitar complicações cardíacas, recomenda-se a prática de exercícios físicos e uma alimentação pobre em açúcares e gorduras.

Referência Bibliográfica

RULE AD; ROGERVL; MELTONLJ3rd; BERGSTRALH EJ; LI X; PEYSER PA; KRAMBECKAE; LIESKEJC. Kidney stones associate with increased risk for myocardial infarction. Acesso em Out. 2011.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...