Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como tratar a Doença de Paget para evitar a Cirurgia

O tratamento normalmente é feito com a toma de analgésicos ou anti-inflamatório para aliviar a dor, e também moduladores da atividade óssea nos casos em que a doença está mais ativa para fortalecer os ossos. Além disso é importante fazer fisioterapia para controlar a dor e a inflamação, diminuir o risco de deformidades e melhorar a postura corporal. Nos casos mais avançados pode ser preciso realizar cirurgias ortopédicas.

A doença de Paget é uma doença óssea metabólica, de origem desconhecida que costuma afetar especialmente a região pélvica, fêmur, tíbia, vértebras da coluna, clavícula e úmero. Ela é caracterizada pela destruição do tecido ósseo, que volta a formar-se a seguir mas com deformidades. O novo osso que se forma é estruturalmente maior porém mais fraco e com muita calcificação.

Geralmente surge após os 60 anos de idade, embora a partir dos 40 já existam casos documentados. É de manifestação benigna e a maioria dos doentes não apresenta sintomas durante muito tempo, e como ocorre na maioria das vezes em idades avançadas os sintomas confundem-se muitas vezes com outras doenças como artrite ou artrose, impostas pela idade.

Fisioterapia para Doença de Paget

Como tratar a Doença de Paget para evitar a Cirurgia

A fisioterapia deve ser orientada pessoalmente por um fisioterapeuta e deve ser individualizada porque cada pessoa deve ter o seu tratamento adequado às suas necessidades. Algumas estratégias que podem ser indicadas são:

  • Uso de aparelhos como ondas curtas, infravermelho, ultrassom e tens;
  • Massagem terapêutica;
  • Alongamento muscular nas áreas mais afetas. Veja alguns exemplos de alongamentos para combater a dor na coluna.
  • Exercícios de fortalecimento muscular;
  • Mobilização de articulações para melhorar a lubrificação e a amplitude de movimentos;
  • Exercícios ativos e resistidos manualmente ou com pesos para fortalecer os músculos e articulações;
  • Exercícios e técnicas de reeducação postural;
  • Sessões de hidroterapia também são boas opções porque não prejudicam os ossos;
  • melhora da fadiga, atenção a função pulmonar ao
    atendimento ao pacientes neurológicos

Podem ser realizados tratamentos para evitar possíveis quedas devido a fraqueza nas pernas e desequilíbrio que possam provocar fraturas, e deve-se ter atenção para melhorar o cansaço e melhorar a respiração que também pode estar afetada devido a dificuldade de expansão do tórax.

O exercício físico regular é uma ótima opção para pessoas que possuem Doença de Paget no entanto estes só devem ser indicados pelo fisioterapeuta. Este profissional também poderá indicar o uso de muletas ou andadores para facilitar as caminhadas, diminuindo o risco de quedas. Veja também outras estratégias para prevenir quedas em idosos

Preferencialmente as sessões devem ser realizadas diariamente ou pelo menos 3 vezes por semana para melhorar o condicionamento cardiovascular, promover a independência e melhorar a qualidade de vida e apesar da fisioterapia não ser capaz de curar a doença de Paget ela é muito importante para diminuir a complicações motoras impostas pelo avanço da doença.

Remédios para Doença de Paget

Como tratar a Doença de Paget para evitar a Cirurgia

Os remédios devem ser indicados pelo médico e podem ser tomados diariamente ou em certos períodos do ano, conforme a necessidade. Alguns indicados são bisfosfonados em forma de comprimido ou injeção como alendronato, pamidronato, risedronato ou  ácido zoledrônico, ou medicamentos como a calcitonina, além de comprimidos de carbonato de cálcio associado a colecalciferol.

As pessoas afetadas geralmente são acompanhadas a cada 3 meses para que o médico possa observar se os medicamentos estão fazendo efeito ou se precisam ser trocados e quando a pessoa encontra-se mais estável o acompanhamento pode ser feito a cada 6 meses ou a cada ano e deve se manter por toda a vida porque a doença não tem cura e pode causar graves deformidades. 

Alimentação para fortalecer os ossos

O nutricionista poderá indicar o consumo de alimentos ricos em cálcio e vitamina D para melhorar a saúde óssea, como leite, queijos, iogurte, peixes, ovos e mariscos. Esses alimentos devem ser consumidos diariamente, devendo-se escolher de preferência produtos lácteos desnatados, para evitar o excesso de gordura na alimentação.

Para aumentar a produção de vitamina D no corpo é importante tomar banho de sol pelo menos 20 minutos todos os dias, sem usar protetor solar, pois esta vitamina é produzida na pele. Além disso, praticar atividade física regularmente ajuda a aumentar a absorção de cálcio no intestino e a sua fixação nos ossos, contribuindo para combater a doença.

Cirurgia para Doença de Paget

Normalmente o tratamento fisioterapêutico bem orientado é capaz de trazer inúmeros benefícios para a pessoa, adiando ou evitando a cirurgia, no entanto, é preciso que o tratamento seja rigorosamente cumprido. 

A cirurgia pode ser uma opção quando a fisioterapia não é suficiente para combater os sintomas e as deformidades, quando há compressão de nervos ou quando a pessoa necessita substituir a articulação e se houver degeneração grave que cause intensa dor e bloqueio dos movimentos. 

O ortopedista poderá substituir a articulação e após este procedimento é necessário retornar à fisioterapia para prevenir complicações e melhorar a amplitude e a força dos movimentos corporais, facilitando assim o dia a dia da pessoa.

Veja os cuidados necessários antes e depois da cirurgia

Mais sobre este assunto:


Carregando
...