Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que fazer para não pegar Ebola

Para não pegar Ebola é importante seguir todas as instruções de prevenção do vírus Ebola sempre que estiver em locais em períodos de epidemia.

As principais formas de prevenção do Ebola são:

  • Evitar o contato com indivíduos ou animais infectados, não tocando em feridas que estejam sangrando ou em objetos contaminados, usando camisinha em todas as relações sexuais ou não permanecendo no mesmo cômodo que um indivíduo infectado;
  • Não comer frutas roídas, pois podem estar contaminadas com a saliva de animais contaminados, especialmente em locais onde existem morcegos da fruta;
  • Usar roupa especial para proteção individual composta por luvas impermeáveis, máscara, jaleco, óculos, touca e protetor para sapatos, se for necessário o contato próximo com indivíduos contaminados;
  • Evitar frequentar locais públicos e fechados, como shoppings centers, mercados ou bancos em períodos de epidemia;
  • Lavar as mãos com frequência, usando água e sabão ou esfregar as mãos com álcool.
Roupa especial para proteção individualRoupa especial para proteção individual
Lavagem das mãosLavagem das mãos

Outras medidas importantes para se proteger do Ebola é não viajar para os países como Nigéria, Guiné Conacri, Serra Leoa e Libéria, nem para países que façam fronteira, porque são regiões que normalmente têm surtos desta doença, e não tocar nos corpos dos indivíduos que morreram com Ebola, pois podem continuar transmitindo o vírus mesmo depois de mortos.

Como acontece a transmissão do vírus Ebola

A transmissão do vírus Ebola acontece por contato direto com o vírus Ebola, por isso, quando o sangue, suor ou a saliva de um paciente com Ebola entra no organismo de um indivíduo saudável através de uma ferida na pele, por exemplo, ocorre a transmissão desta doença porque este vírus é altamente contagioso.

Outras formas de contágio incluem o contato com o vômito, sêmen, secreções vaginais, urina, fezes e sangue menstrual, de um paciente com Ebola e também com qualquer objeto ou tecido que tenha entrado em contato com estas secreções.

Em caso de suspeita de contaminação, o indivíduo deve dirigir-se ao hospital para ser mantido sob observação e verificar se está com febre. Se a temperatura estiver acima dos 38.3ºC, o indivíduo deve ser hospitalizado e ficar em isolamento imediatamente até saber se está infectado ou não com o vírus Ebola. Quando se confirma a contaminação pelo vírus Ebola, o indivíduo tem que ficar no hospital de quarentena em isolamento, de forma a evitar a transmissão da doença.

Link útil:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...