Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba todos os efeitos da Noz-da-Índia

Popularmente acredita-se que a noz-da-índia é boa para emagrecer por ser um potente diurético e laxante, que reduz medidas em poucos dias. No entanto, a Noz-da-Índia é o fruto de uma árvore exótica que não deve ser consumida por ser tóxica, colocando a vida da pessoa em risco. Este fruto é arredondado e quando maduro é de cor bege, esbranquiçado, e já foi comercializado para emagrecer, embora sem registro da Anvisa por falta de comprovação científica de sua eficácia e segurança.

A árvore que produz a noz-da-índia é a nogueira, também conhecida como Noz-Caucasiana, Noz-Europeia, Nogueira-de-Iguape, Nogueira-do-Litoral, que está presente no sul do Brasil e em países como Indonésia, Malásia e Índia, Argentina e Paraguai. Seu nome científico é Aleurites moluccana, da família Euphorbiaceae.

Saiba todos os efeitos da Noz-da-Índia

Noz-da-Índia emagrece?

A noz-da-índia causa intensa cólica e diarreia que leva à desidratação e alterações nos eletrólitos do sangue, comprometendo o funcionamento dos rins e do coração e por isso não é recomendada para o consumo sendo prejudicial à saúde. Seu uso não é recomendado in natura, em forma de chá ou cápsulas.

Apesar de terem sido comercializados alguns produtos em forma de cápsulas ou comprimidos, e terem sido encontrados à venda o próprio fruto como produto natural para emagrecer e queimar gordura, seu uso não era legalizado e perigoso para saúde. A noz-da-índia é muito semelhante a outro fruto chamado chapéu-de-napoleão, que é igualmente tóxico, o nome científico deste é Thevetia peruviana. O chapéu-de-napoleão causa alterações cardíacas que podem levar à morte e por isso também não pode ser consumido.

Em fevereiro de 2017 a Anvisa proibiu o uso e a venda de todos os produtos que contenham noz-da-índia e chapéu-de-napoleão.

Efeitos colaterais da noz-da-índia

A noz-da-índia é tóxica porque contém saponinas, como a toxalbumina, e forbol que são substâncias impróprias para o consumo. Os efeitos colaterais que surgem após o consumo da noz-da-índia são na verdade os sinais de intoxicação no fígado. São eles:

  • Enjôo, e vômito;
  • Forte cólica abdominal;
  • Diarreia;
  • Olhos fundos;
  • Boca seca;
  • Muita sede;
  • Irritação e vermelhidão nos lábios e boca devido a mastigação do fruto;
  • Pupilas dilatadas;
  • Queda da pressão;
  • Desmaio;
  • Batimento cardíaco acelerado;
  • Dificuldade para respirar;
  • Febre;
  • Lentidão nos movimentos;
  • Cãibras nas pernas;
  • Sensação de formigamento e alteração da sensibilidade;
  • Dor de cabeça e mal-estar generalizado;
  • Desorientação no tempo e no espaço, não sabendo quem é, que dia da semana é ou onde está.

Estes sintomas podem surgir cerca de 20 minutos após o consumo da noz-da-índia e podem surgir mesmo ao consumir apenas 1 fruto e por isso seu consumo é contraindicado.

Como é o tratamento para intoxicação

Em caso de intoxicação após o consumo da noz-da-índia é indispensável o tratamento que é feito no hospital e pode incluir internamento no Centro de Tratamento Intensivo. Por afetar o fígado, ela pode causar uma hepatite fulminante, podendo ser preciso até mesmo um transplante de fígado.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...