Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

9 mitos sobre o novo coronavírus (COVID-19)

Maio 2020

A COVID-19 é um novo tipo de infecção que ainda está sendo estudada em todo o mundo e sobre a qual se sabem poucos fatos. Por esse motivo, existem várias notícias circulando sobre a doença, mas algumas nunca foram confirmadas pelas autoridades de saúde.

Uma das melhores formas de saber o que é realmente verdade é procurar informação sobre a doença nos meios oficiais como o CDC ou a OMS, pois essas organizações são reguladas por vários países e apenas apresentam conclusões baseadas em estudos científicos de elevada confiança.

9 mitos sobre o novo coronavírus (COVID-19)

A seguir, juntamos uma lista dos principais mitos sobre a COVID-19:

1. Existem remédios capazes de eliminar o vírus

MITO. Até o momento, não são conhecidos remédios capazes de eliminar completamente o vírus do corpo de forma segura. No entanto, medicamentos que apresentaram resultados promissores em alguns doentes estão, neste momento, sendo estudados em grupos maiores para descobrir sua real eficácia e determinar sua segurança. No grupo de medicamentos sendo testados estão a hidroxicloroquina, a ivermectina e o remdesivir, por exemplo.

Os medicamentos usados no tratamento da COVID-19 são principalmente os antipiréticos, os analgésicos e os antibióticos, que ajudam a aliviar alguns dos sintomas, como a febre e a dor muscular, além de diminuírem o risco de complicações, como a pneumonia.

Saiba mais sobre os remédios que estão sendo testados para eliminar o novo coronavírus.

2. Limão, alho ou mel protegem contra o vírus

MITO. O limão, o alho e o mel são alimentos saudáveis que podem ser consumidos regularmente como parte de uma alimentação equilibrada, mas que, no entanto, não são capazes de proteger contra a infecção por qualquer tipo de vírus.

As melhores formas de se proteger contra o novo coronavírus consiste em lavar as mãos frequentemente, evitar locais públicos fechados, cobrir a boca quando precisar tossir ou espirrar e evitar tocar com as mãos nos olhos, nariz ou boca. Confira outros cuidados importantes para prevenir a COVID-19.

A alimentação saudável é importante para fortalecer o sistema imune mas deve ser feita por toda a vida, como forma de manter o organismo funcionando corretamente.

3. A COVID-19 só é grave em idosos

MITO. A infecção pelo novo coronavírus pode afetar pessoas de todas as idades. Embora exista um risco maior de complicações em idosos, devido ao enfraquecimento do sistema imune, a COVID-19 pode ser perigosa em qualquer idade, especialmente se existirem outras doenças associadas, como problemas respiratórios, diabetes ou doenças cardíacas.

A OMS recomenda que todas as pessoas se protejam contra o vírus.

4. Beber água sanitária ou outro desinfetante protege contra o vírus

MITO. A água sanitária e os desinfetantes são substâncias tóxicas e, por esse motivo, não devem ser ingeridas nem colocadas no interior do corpo, já que podem causar danos muito graves e colocar a vida em risco. Algumas destas substâncias também são corrosivas e não devem ser aplicadas na pele ou perto dos olhos.

O único desinfetante seguro para usar na pele é o álcool-gel que pode ser comprado nas farmácias e em alguns supermercados.

Além disso, beber álcool também não é uma forma de prevenir a infecção por COVID-19, podendo causar vários problemas de saúde.

9 mitos sobre o novo coronavírus (COVID-19)

5. O calor e o sol matam o coronavírus

MITO. Países com temperaturas elevadas também têm demonstrado um número crescente de casos de COVID-19, o que sugere que o vírus não é afetado pelo aumento da temperatura ambiente, continuando a se transmitir de uma pessoa para outra.

As melhores formas de proteção contra o novo coronavírus continuam sendo a lavagem frequente das mãos e o distanciamento social. Veja as principais dicas para se proteger da COVID-19.

6. Não existe cura para a COVID-19

MITO. Embora ainda não sejam conhecidos medicamentos capazes de eliminar o vírus, a COVID-19 tem cura, uma vez que o sistema imunológico é capaz de combater a infecção após algumas semanas. É por esse motivo que é importante tentar manter o sistema imunológico sempre bem fortalecido ao longo da vida.

7. A COVID-19 pode ser transmitida por animais

MITO. A principal forma de transmissão do novo coronavírus é através do contato com gotículas respiratórias de pessoas infectadas, não existindo até ao momento relato de pessoas que tenham sido infectadas pelo contato com animais doentes ou por picadas.

Embora existam suspeitas de que a pandemia de COVID-19 tenha sido iniciada de animais para pessoas num mercado em Wuhan, é muito provável que o vírus tenha sofrido uma mutação no corpo humano, tornando-se apenas infectante entre humanos.

Confira outras 14 dúvidas comuns sobre a COVID-19.

8. As vacinas da gripe ou pneumonia protegem contra o vírus

MITO. As vacinas que são utilizadas para proteger contra a gripe ou a pneumonia não são capazes de conferir imunidade para a COVID-19. Uma vez que é um vírus novo e bastante diferente, será necessário criar um novo tipo de vacina para proteger contra a infecção.

Neste momento, existem várias pesquisas sendo feitas e suportadas pela OMS na busca por um nova vacina que proteja contra o novo coronavírus.

Ainda assim, a vacinação contra a gripe e outras doenças deve continuar a ser feita, pois embora não protejam contra o coronavírus, é uma forma importante de proteger o corpo contra outras infecções graves.

9. Lâmpadas ultravioleta desinfetam a pele

MITO. A exposição da pele à luz ultravioleta pode causar irritação e até provocar alterações graves. A melhor forma de desinfetar as mãos e a pele consiste em lavar com água e sabão ou esfregar com álcool-gel.

Veja ainda um passo a passo para lavar as mãos corretamente:

Bibliografia >

  • OMS. Coronavirus disease (COVID-19) advice for the public: Myth busters. Disponível em: <https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/advice-for-public/myth-busters>. Acesso em 05 Mai 2020
  • ANVISA. NOTA TÉCNICA Nº 04/2020 GVIMS/GGTES/ANVISA - Orientações para serviços de saúde: medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus (2019- nCoV). 2020. Acesso em 31 Jan 2020
  • CDC. Coronavirus Disease 2019 (COVID-19). Disponível em: <https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-nCoV/index.html>. Acesso em 12 Mar 2020
  • NHS. Coronavirus (COVID-19). Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/coronavirus-covid-19/>. Acesso em 12 Mar 2020
  • CDC. 2019 Novel Coronavirus (2019-nCoV), Wuhan, China. Disponível em: <https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-nCoV/summary.html>. Acesso em 23 Jan 2020
  • CDC. Update and Interim Guidance on Outbreak of 2019 Novel Coronavirus (2019-nCoV) in Wuhan, China. Disponível em: <https://emergency.cdc.gov/han/han00426.asp>. Acesso em 23 Jan 2020
  • SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO PARANÁ. Nota técnica nº 08 - Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional: Coronavírus. 2020. Disponível em: <http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/ACS/NotaTecnicaCoronavirus.pdf>. Acesso em 23 Jan 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem