Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

L-Glutamina: para que serve e como tomar

A glutamina é um aminoácido essencial muito importante para o organismo, sendo necessário em grandes quantidades já que promove a saúde digestiva e cerebral, o crescimento saudável do músculo, o fortalecimento do sistema imune, e combate o câncer e os níveis altos de açúcar no sangue.

A glutamina pode ser encontrada em suplementos alimentares na forma de aminoácido livre, que é chamada de L-glutamina, ou na forma de peptídeo, em que a glutamina está ligada a outros aminoácidos. A glutamina também pode ser encontrada em proteínas animais e vegetais. Veja mais sobre alimentos ricos em glutamina.

L-Glutamina: para que serve e como tomar

Para que serve a glutamina

A glutamina é um aminoácido essencial, que o corpo necessita em grandes quantidades, pois apresenta inúmeros benefícios:

  • Melhora o funcionamento do intestino porque é um nutriente vital para a sua reparação;
  • Melhora a memória a a concentração, por ser um neurotransmissor essencial no cérebro;
  • Ajuda a tratar a diarreia, equilibrando a produção de muco, o que resulta em evacuações saudáveis;
  • Promove o crescimento muscular e diminui a perda de músculo, melhorando a performance do atleta e a recuperação após o exercício físico;
  • Melhora o metabolismo e a desintoxicação celular;
  • Limita os desejos de açúcar e de álcool;
  • Ajuda a combater o câncer;
  • Melhora os sintomas da diabetes;
  • Equilibra o balanço ácido-básico durante estados de acidose;
  • Promove a desintoxicação corporal do nitrogénio e da amónia;
  • Ajuda na síntese de nucleotídeos, por ser um precursor nitrogênio;
  • Reforça o sistema imune através da regulação da resposta imune de IgA, que é um anticorpo importante no ataque de vírus e bactérias.

Este aminoácido também pode ser usado no síndrome do intestino permeável, que é uma das causas de doença autoimune, já que reduz a permeabilidade do intestino.

Como usar

A quantidade diária recomendada de L-glutamina é de 10 a 15 g para atletas, repartido em 2 ou 3 doses, e de 20 a 40g para outras situações que devem ser sempre avaliadas pelo médico. 

A L-glutamina está disponível em cápsulas e sachês, como L-glutamina da Prozis, Essential Nutrition ou Probiótica por exemplo, e é vendida em farmácias e lojas de suplementos alimentares, com preço variando ente 40 a 280 reais.

Possíveis efeitos colaterais

Embora não existam estudos que confirmem efeitos adversos do uso da L-glutamina, o seu consumo prolongado pode limitar a absorção de outros aminoácidos no organismo, ou mesmo reduzir a produção de glutamina pelo organismo, e provocar sobrecarga renal.

Além disso, o consumo de grandes quantidades de L-glutamina pode causar enjoo e dor abdominal.

Quem não deve tomar

A L-glutamina deve ser usada com precaução em diabéticos e pessoas com doenças no rim e no fígado, por isso é aconselhado ir ao médico antes de começar a tomar este suplemento. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...