Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Intertrigo: o que é, sintomas e tratamento

O intertrigo é um problema de pele causado pelo atrito entre uma pele e outra, como a fricção que ocorre na região interna das coxas ou nas dobras de pele, por exemplo, provocando o surgimento de vermelhidão na pele, dor ou coceira.

Além da vermelhidão, pode ainda haver proliferação de bactérias e fungos, principalmente da espécie Candida, já que a área em que ocorre a lesão normalmente há acúmulo de umidade do suor e sujeiras, podendo resultar em intertrigo candidiásico. Saiba mais sobre o intertrigo causado pela Candida.

Geralmente, o intertrigo é mais comum em bebês, mas também pode surgir em crianças e adultos com excesso de peso ou que fazem frequentemente movimentos repetitivos, como andar de bicicleta ou correr.

O intertrigo é mais comum em locais como virilha, axilas ou debaixo das mamas, já que sofrem mais atrito e estão sujeitas a maior quantidade de calor e umidade. Assim, pessoas acima do peso, que não realizam a higiene corretamente ou que suam excessivamente nessas regiões têm mais chances de terem intertrigo.

O intertrigo tem cura e pode ser tratado em casa, mantendo boa higiene do local afetado e aplicando cremes indicados por um dermatologista.

Intertrigo debaixo da mama
Intertrigo debaixo da mama
Intertrigo na axila
Intertrigo na axila

Como é feito o tratamento

O tratamento para intertrigo deve ser orientado por um dermatologista e, normalmente, é iniciado com a aplicação de cremes para assaduras, como Hipoglós ou Bepantol, que ajudam a proteger a pele contra a fricção, facilitando a cicatrização.

Além disso, também é recomendado manter a região afetada sempre limpa e seca e utilizar roupa de algodão pouco apertada, para permitir que a pele respire. No caso do intertrigo em pessoas obesas, é ainda aconselhado perder peso para evitar que o problema surja novamente. Saiba como pode ser feito o tratamento para intertrigo.

Como identificar

O diagnóstico do intertrigo é feito pelo dermatologista por meio da avaliação das leões e sintomas descritos pela pessoa, podendo ser indicado pelo dermatologista a realização de biópsia de pele ou a realização do exame da Lâmpada de Wood, em que o diagnóstico para essa doença é feito de acordo com o padrão de fluorescência da lesão. Veja como é feito o exame dermatológico.

Sintomas de intertrigo

O principal sintoma de intertrigo é o surgimento de vermelhidão na região acometida. Outros sintomas do intertrigo são:

  • Feridas na pele;
  • Coceira ou dor na região afetada;
  • Leve descamação na área acometida;
  • Cheiro fétido.

As regiões do corpo em que ocorre com mais frequência o intertrigo são virilha, axilas, abaixo das mamas, parte interna das coxas, nádegas e nas região íntima. A pessoa com sintomas de intertrigo deve consultar um dermatologista para diagnosticar o problema e iniciar o tratamento adequado, evitando que a situação agrave e impossibilite algumas tarefas diárias, como caminhar, no caso do intertrigo na virilha, por exemplo.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...