Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
Fechar Coronavírus: Informações sobre COVID-19 Ler mais
O que você precisa saber?

Existe relação entre disfunção erétil e infertilidade?

Março 2020

Ter disfunção erétil não é o mesmo que ter infertilidade, pois enquanto a disfunção erétil é a incapacidade, ou dificuldade, em ter ou manter uma ereção, a infertilidade é a impossibilidade de o homem produzir espermatozoides que consigam gerar uma gravidez. Assim, embora o homem possa ter dificuldade para manter a ereção, isso não significa que é infértil, já que, muito provavelmente, continua tendo uma produção de espermatozoides normal e regularizada.

Porém, como se sabe, para que ocorra uma gravidez é necessária a transferência dos espermatozoides para o interior do canal vaginal da mulher, o que pode ser dificultado pela disfunção erétil. É por esse motivo que muitos casais em que o homem tem disfunção erétil, acabam sofrendo com a dificuldade para engravidar, que não está relacionada com infertilidade.

Na presença de disfunção erétil, existem algumas técnicas que podem ajudar a conseguir uma gravidez, já que os espermatozoides podem ser implantados no canal vaginal da mulher através de inseminação artificial. Esta técnica permite que aconteça a gravidez, ams não cura a disfunção erétil, pode ser usada durante o tratamento, se o casal estiver querendo engravidar. Saiba mais sobre as principais técnicas de fertilização e quando são usadas.

Existe relação entre disfunção erétil e infertilidade?

Como saber se é disfunção erétil

Alguns dos sintomas que podem indicar que o homem tem disfunção erétil incluem: 

  • Dificuldade para ter ou manter uma ereção;
  • Maior necessidade de concentração e tempo para conseguir uma ereção; 
  • Ereção menos rígida que o normal.

A  disfunção erétil é causada muitas vezes por fatores que dificultam a circulação de sangue para o pênis, como estar acima do peso, fumar ou estar usando alguns medicamentos como anti-hipertensivos ou antidepressivos, por exemplo. Mas também pode acontecer devido a problemas psicológicos como depressão, traumas ou medo, que acabam levando a uma diminuição da libido.

Assista o vídeo seguinte e veja as dicas de uma fisioterapeuta e sexóloga, que explica a disfunção erétil e ensina a fazer exercícios para prevenir e melhorar o problema:

Como saber se é infertilidade

No caso da infertilidade, os sintomas não são físicos e por isso na grande parte dos casos o homem consegue manter relações sexuais normais e constantes e a única forma de descobrir é através de exames como o espermograma, por exemplo. 

Tal como acontece com a impotência sexual, a infertilidade pode também ser causada por diversos fatores, que podem incluir: 

  • Baixa produção de testosterona;
  • Elevada produção do hormônio prolactina;
  • Distúrbios da tireoide;
  • Infecções no aparelho reprodutor, especialmente infecções que podem afetar os testículos, como a caxumba;
  • Varicocele, que é o aumento nos vasos sanguíneos dos testículos; 
  • Uso de anabolizantes ou de remédios que possam causar infertilidade;
  • Realização de terapias invasivas como a radioterapia; 
  • Tumores na hipófise;
  • Problemas genéticos que afetem a produção de espermatozoides; 
  • Problemas que afetem a ejaculação, como ausência de ejaculação ou ejaculação retrógrada.

Veja mais sobre as principais causas de infertilidade masculina e o que pode ser feito para tratar o problema.

Existe relação entre disfunção erétil e infertilidade?

O que fazer para conseguir engravidar

Para engravidar, existem diversas dicas que podem ajudar como: 

  • Ter relações sexuais durante o período fértil, que pode ser calculado usando a nossa calculadora do período fértil.
  • Comer mais alimentos ricos em vitamina E e zinco, como gérmen de trigo, nozes e castanhas, pois atuam nos hormônios sexuais melhorando a fertilidade feminina e masculina; 
  • Investir numa alimentação saudável e variada e na prática de exercício físico; 
  • Evitar hábitos que prejudiquem a fertilidade, como consumo de bebidas alcoólicas, cigarro ou consumo de drogas. 

Porém, caso já se esteja tendo relações há mais de 1 ano sem métodos contraceptivos, é muito importante procurar ajuda médica para identificar a causa do problema e iniciar o tratamento mais adequado.

Bibliografia >

  • LOTTI, Francesco; MAGGI, Mario. Sexual dysfunction and male infertility. Nature Reviews Urology. Vol.15, n.5. 287-307, 2018
  • NIH. Erectile Dysfunction (ED). Disponível em: <https://www.niddk.nih.gov/health-information/urologic-diseases/erectile-dysfunction>. Acesso em 17 Mar 2020
  • NIH. How is infertility diagnosed?. Disponível em: <https://www.nichd.nih.gov/health/topics/infertility/conditioninfo/diagnosed>. Acesso em 17 Mar 2020
  • CDC. Infertility FAQs. Disponível em: <https://www.cdc.gov/reproductivehealth/Infertility/Index.htm>. Acesso em 17 Mar 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem