Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Hipogonadismo feminino

O hipogonadismo feminino ocorre quando os ovários produzem poucos ou nenhum hormônio sexual, como o estrogênio e a progesterona. É geralmente diagnosticado na puberdade e não tem cura, mas pode ser controlado através do tratamento com reposição hormonal.

No hipogonadismo primário feminino ou hipergonadotrófico ​os ovários não funcionam corretamente, enquanto que no hipogonadismo secundário feminino ou hipogonadotrófico, os locais do cérebro que controlam os ovários não funcionam corretamente.

Sintomas do hipogonadismo feminino

Os sintomas do hipogonadismo feminino antes da puberdade podem ser:

  • Pouco desenvolvimento das mamas;
  • Ausência da menstruação;
  • Baixa estatura.

Os sintomas do hipogonadismo feminino depois da puberdade incluem:

  • Ondas de calor;
  • Perda de pêlos no corpo;
  • Falta da menstruação ou falhas entre períodos menstruais;
  • Diminuição da libido;
  • Secura vaginal.

O hipogonadismo feminino normalmente causa infertilidade ou problemas na gravidez.

Tratamento do hipogonadismo feminino

O tratamento do hipogonadismo feminino é feito através da reposição hormonal com estrogênio e progesterona, estimulação da ovulação e cirurgia. Quando a mulher tem diminuição da libido, o médico também pode receitar baixos níveis de testosterona.

O hipogonadismo feminino tardio tem o nome de menopausa e ocorre naturalmente na mulher cerca dos 50 anos de idade.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...