Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Falta de Vitamina E

A falta de vitamina E é rara e quando acontece está geralmente associada à problemas de má absorção intestinal.

Essa vitamina tem um papel importante na formação de hormônios e por isso é importante na fertilidade assim a falta de vitamina E pode estar relacionada com a infertilidade, dificuldade de engravidar ou até com casos de aborto.

Como aumentar a vitamina E no corpo

A falta de vitamina E pode ser tratada com o consumo de alimentos ricos em vitamina E como óleo de girassol, amêndoas, avelãs ou castanha-do-pará mas também se pode usar suplementos alimentares à base de vitamina E, que devem ser aconselhados pelo médico ou nutricionista.

Falta de vitamina E no bebê

Os bebês recém-nascidos têm baixas concentrações de vitamina E porque há pouca passagem através da placenta, no entanto, isso não é um grande motivo de preocupação porque o leite materno é suficiente para suprir a necessidade de vitamina E que o bebê precisa.

Somente quando o bebê nasce pré-maturo é que existe uma maior preocupação com a quantidade dessa vitamina no corpo, e por isso o médico pode solicitar um exame de sangue para saber se o bebê está com falta de vitamina E, embora isso nem sempre seja necessário. 

Sintomas 

Os sintomas de deficiência de vitamina E nos bebês podem ser fraqueza muscular e anemia hemolítica entre a sexta e a décima semana de vida, além de um problema ocular chamado retinopatia da prematuridade.

As crianças com má absorção intestinal também podem apresentar uma grave deficiência de vitamina E que produz sintomas neurológicos como redução dos reflexos, dificuldade de marcha, visão dupla, perda do sentido da posição e fraqueza muscular.

Tratamento 

O tratamento para deficiência de vitamina E nos bebês se faz através da administração de suplementos vitamínicos.

Em caso de retinopatia de prematuridade e sangramento intracerebral é administrada entre 10 a 50 mg de Vitamina E diariamente sob supervisão médica.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...