Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

5 hábitos para manter o cérebro jovem

Fazer exercícios para o cérebro é importante para evitar a perda de neurônios e consequentemente evitar distrações, melhorar a memória e favorecer o aprendizado. Dessa forma, existem alguns hábitos que podem ser incluídos no dia-a-dia e que constituem exercícios simples que mantêm o cérebro sempre ativo.

Alguns exemplos desses hábitos são:

  1. Tomar banho de olhos fechados: Não abrir os olhos nem para abrir a torneira, nem para pegar o shampoo na prateleira. Fazer todo o ritual do banho de olhos bem fechados. Este exercício serve para potencializar a área do cérebro responsável pelas sensações táteis. Troque as coisas de lugar a cada 3 ou 4 dias.
  2. Decorar a lista de compras do supermercado: Pensar nos diversos corredores do mercado ou fazer a lista mentalmente com base naquilo que é preciso para o café da manhã, almoço ou jantar. Este é um exercício de memória para o cérebro muito bom, pois ele ajuda a desenvolver e a ajustar a memória;
  3. Escovar os dentes com a mão não dominante: Deverá usar músculos que são pouco utilizados, criando novas conexões cerebrais. Este exercício serve para deixar o indivíduo mais ágil e mais inteligente;
  4. Seguir caminhos diferentes para ir para casa, para o trabalho ou para a escola: Assim o cérebro terá que memorizar novas paisagens, sons e cheiros. Este exercício serve para ativar diversas áreas do cérebro ao mesmo tempo favorecendo todas as conexões cerebrais;
  5. Apostar em jogos, como alguns videogames, quebra cabeça ou sudoku 30 minutos por dia: melhoram a memória e desenvolvem a capacidades para tomar decisões e resolver enigmas rapidamente. O jogo Pokémon Go também é uma ótima opção para manter o cérebro em bom funcionamento. Confira os benefícios desse jogo em: Prós e Contras do Jogo Pokémon Go.
5 hábitos para manter o cérebro jovem

Estes exercícios para treinar o cérebro fazem os neurônios serem reativados e favorecem as conexões cerebrais mantendo o cérebro ativo por mais tempo, resultando num rejuvenescimento cerebral, sendo indicado até mesmo para pessoas mais experientes e idosos pois o cérebro de um indivíduo de 65 anos pode funcionar tão bem quanto o cérebro de um indivíduo de 45 anos.

Uma outra forma de melhorar o funcionamento cerebral e ativar a memória é fazer atividade física depois de um período de estudos, por exemplo. Estudos apontam que a prática de exercícios até 4 horas após os estudos ajuda na consolidação da memória, que faz o cérebro funcionar de forma mais eficiente. Veja quais são os exercícios mais indicados e outras estratégias para melhorar a memória enquanto pratica atividade física.

Veja também outras dicas para aumentar a capacidade do seu cérebro:

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...