Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

É possível fazer exame de próstata sem Toque Retal?

O exame de próstata sem toque retal pode ser feito com a realização de um exame de sangue chamado PSA e da ultrassonografia pélvica, mas estes podem deixar dúvidas, atrasando o diagnóstico e aumentando o risco do câncer só ser descoberto numa fase mais avançada, com menores chances de cura. 

Assim, os melhores exames para o diagnóstico do CA de próstata ainda em estágio inicial são o exame de sangue PSA e o toque retal, que fornecem os dados mais concretos para o médico. Estes dois exames se complementam e por isso devem ser pedidos sempre em conjunto. 

É possível fazer exame de próstata sem Toque Retal?

Como avaliar a próstata sem toque retal

O exame de toque retal não é realizado por muitos homens por achar que irá descaracterizar a sua masculinidade. Por isso, alguns exames que podem ser feitos para avaliar a próstata sem necessidade de toque retal, apesar de não serem os mais indicados, são:

1. Exame de sangue PSA

O PSA, também chamado de Antígeno Prostático Benigno, é uma enzima produzida pela próstata e que se encontra em concentrações elevadas no sangue no caso de câncer de próstata, por exemplo.

Esse exame é feito a partir da coleta de uma amostra de sangue que deve ser enviado ao laboratório para análise para que sejam verificados os níveis de PSA no sangue.

O exame PSA com valores superiores a 4 ng/ml pode indicar alguma alteração na próstata, como prostatite, hiperplasia benigna da próstata ou mesmo uma suspeita de câncer, e por isso, se o médico achar necessário após o PSA, pode solicitar outros exames da próstata, ajudando no diagnóstico médico. Veja como entender o resultado do exame PSA.

Somente o resultado do PSA pode deixar dúvidas, e por isso, este exame deve ser feito logo após o toque retal, porque assim o médico consegue avaliar o tamanho e a consistência da próstata.

2. Ultrassonografia pélvica masculina 

A ultrassonografia pélvica masculina, por via abdominal, é um exame de imagem que tem como objetivo visualizar em tempo real qualquer órgão, como por exemplo a próstata.

Para fazer a ultrassonografia pélvica é necessário tomar de cerca de 10 copos de água para que a bexiga fique cheia o suficiente para permitir a visualização da próstata. A ultrassonografia pélvica dura em média 10 minutos e pode identificar algumas anormalidades da próstata, como o seu aumento, sua forma e a presença de calcificações.

No entanto, a ultrassonografia pélvica masculina feita através do abdômen não detecta o câncer de próstata, atrasando o diagnóstico de uma doença que tem grandes chances de cura, quando detectada cedo. Assim, este não é um exame habitualmente indicado para detecção precoce do CA de próstata e não substitui com clareza o toque retal. 

Quando fazer exames da próstata

O exame de próstata, PSA + toque real, são indicados para todos os homens com idade a partir dos 50 anos, mas quando há histórico na família, o exame deve ser feito a partir dos 45 anos, a cada ano. No entanto, quando o paciente já teve hiperplasia benigna prostática, o exame de prevenção deve ser feito anualmente, independente da idade.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar