Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como usar a Espironolactona

A Espironolactona deve ser tomada de acordo com as indicações dadas pelo médico, sendo geralmente a dose recomendada de 50 a 200 mg por dia. Este é um medicamento indicado para controlar a pressão alta e tratar inchaços relacionado com problemas no funcionamento do coração ou doenças no fígado e rins.

Espironolactona atua como diurético, aumentando a eliminação de água através da urina e como anti-hipertensivo, diminuindo assim a pressão arterial. Além disso, a Espironolactona pode ser conhecida comercialmente como Aldactone.

Em alguns casos, este remédio pode ser receitado para o tratamento da acne e para ajudar no crescimento de cabelo, porém estas aplicações não fazem parte das indicações principais da Espironolactona.

Como usar a Espironolactona

Indicações

Espironolactona é indicado para o tratamento da pressão alta, aumento dos níveis sanguíneos do hormônio aldosterona no sangue e inchaços relacionados com problemas no funcionamento do coração, doença no fígado ou rins.

Além disso, Espironolactona também é indicada para prevenir a diminuição dos níveis de potássio e magnésio no sangue em pacientes em tratamento com diuréticos.

Preço

O preço de Espironolactona varia entre os 20 e os 45 reais, e pode ser comprado em farmácias ou lojas on-line, sendo necessário receita médica.

Efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais de Espironolactona podem incluir mal-estar, sonolência, tontura, náusea, dor de cabeça, confusão mental, febre, cãibras nas pernas, problemas no funcionamento do fígado ou rins, alterações nos exames de sangue, dor ou nódulos nos seios, alterações na libido, impotência, alterações menstruais, perda de cabelo, crescimento anormal de pelos ou urticária, coceira ou erupção na pele.

Contraindicações

Espironolactona está contraindicada para pacientes com doenças ou problemas nos rins ou com problemas em urinar, pacientes com níveis elevados de potássio no sangue, doença de Addison ou em tratamento com eplerenona e para pacientes com alergia à espironolactona ou a algum dos componentes da fórmula.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...