Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Endometrite crônica

A endometrite crônica é uma inflamação recorrente do endométrio, membrana que reveste a parte interna do útero. Pode ser causada por doenças sexualmente transmissíveis como sífilis ou clamídia, doença inflamatória pélvica, salpingite, lesões e danos durante um parto ou aborto e pela inserção de um dispositivo intrauterino.

Esta inflamação crônica pode provocar infertilidade, abortos espontâneos, falha na implantação do embrião após fecundação e parto prematuro.  

Tratamento da endometrite crônica

O tratamento da endometrite crônica pode envolver o uso de antibióticos orais ou intravenosos. Repousar e beber muita água são complementos importantes para o tratamento ser mais rápido e com sucesso.

O tratamento para endometrite crônica deve envolver os parceiros da relação para reduzir o risco de novas infecções. Nos casos mais complicados é necessário internamento hospitalar.

Sintomas da endometrite crônica

Os sintomas da endometrite crônica podem ser:

  • Mal estar geral;
  • Febre;
  • Dor pélvica;
  • Sangramento vaginal;
  • Corrimento vaginal com cheiro e cor branca ou amarela;
  • Constipação;
  • Crescimento da barriga.

A endometrite pode ser de curta duração, isto é, aguda, e é caracterizada por dor no hipogástrio, febre alta, menstruações dolorosas e corrimento vaginal amarelo e sangramento vaginal.

O diagnóstico da endometrite consiste na avaliação dos sintomas apresentados pela mulher e uso de exames complementares de diagnóstico como análises de sangue, biópsia endometrial, laparoscopia e cultura e análise de bactérias. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...