Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de E. Coli Enterotoxigênica e como tratar

A E. coli enterotoxigênica, também conhecida como ETEC ou Escherichia coli enterotoxigênica, é uma bactéria que causa gastroenterite principalmente em crianças com menos de 3 anos e visitantes a países industrializados às áreas subdesenvolvidas e, por isso, provoca um tipo de diarreia também conhecida como a diarreia do viajante.

Este tipo de E. coli é transmitida pela ingestão de comida ou água contaminada com fezes, sendo assim importante evitar o uso de água públicas e garantir a higiene dos alimentos comprados fora de casa, especialmente quando se viaja para outros países. Veja algumas dicas para evitar a ingestão de bactérias.

A infecção com E. coli enterotoxigênica tem cura com a ingestão adequada de água e uma alimentação leve, no entanto, existem casos em que pode ser necessário tomar antibióticos receitados pelo médico.

Sintomas de E. Coli Enterotoxigênica e como tratar

Principais sintomas

​Os sintomas mais comuns da infecção intestinal causada pela E. coli enterotoxigênica incluem:

  • Diarreia com muita água;
  • Dor de barriga intensa;
  • Febre e calafrios;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de apetite;
  • Dores musculares.

Estes sintomas podem surgir de 12 horas a 3 dias após o consumo de água ou alimentos contaminados com a bactéria, e o tempo de duração da doença é de aproximadamente 5 dias.

Estes sintomas são muito semelhantes aos de uma gastroenterite causada por qualquer outro microorganismo e, por isso, muitas pessoas não sabem que foram infectadas por esta bactéria, porém, é a principal causa de diarreia quando se viaja para outros países.

Como confirmar o diagnóstico

A única forma de identificar a bactéria que está provocando a infecção intestinal é fazendo um exame de fezes em laboratório, no qual são identificados todas as bactérias presentes. Assim, quando esta bactéria é encontrada, normalmente é a responsável pela infecção.

No entanto, na maioria dos casos o diagnóstico é feito apenas através da observação dos sintomas por um clínico geral, sendo que o exame de fezes só é pedido quando os sintomas não melhoram ou pioram com o tempo.

Como é feito o tratamento

​O tratamento para a gastroenterite causada pela E. Coli enterotoxigênica geralmente é feito com repouso em casa, evitando ir na escola ou trabalho, e ingestão de líquidos, para evitar a desidratação causada pela diarreia.

Além disso, deve-se fazer uma dieta leve, evitando alimentos com açúcar, gordura ou muito condimentados, já que podem aumentar os movimentos intestinais. Confira o que deve conter a dieta em casos de gastroenterite.

Nos casos em que os sintomas não melhoram após 2 ou 3 dias, é recomendado ir ao clínico geral ou ao gastroenterologista para avaliar a necessidade de iniciar o uso de antibiótico, como trimetoprim-sulfametoxazol 160mg - 800 mg, 2 vezes ao dia ou doxiciclina a 100 mg, 1 vez ao dia, por 5 dias.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...