Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Doenças relacionadas à AIDS

As doenças relacionadas à AIDS são aquelas que afetam os pacientes soropositivos, devido à debilidade do seu sistema imune, como Tuberculose, Pneumonia ou o Linfoma, por exemplo.

Nem todas são graves e podem ser controladas, mas sempre que o paciente apresenta qualquer uma delas o tratamento deve ser redobrado porque além dos antirretrovirais, é primordial combater a infecção oportunista para garantir a vida do paciente.

Alguns exemplos de doenças relacionadas à AIDS são:

Doenças respiratórias

Gripes e resfriados são comuns e mais simples de serem resolvidos, mas o paciente também pode apresentar doenças mais graves como tuberculose ou pneumonia. 

Doenças de pele

Sarcoma de Kaposi; Micoses; Púrpura; Estomatite.

Doenças infecciosas

Citomegalovírus; Neurotoxoplasmose; Candidíase persistente; Encefalopatia; Chagas; Criptococose extrapulmonar.

Doenças cardiovasculares

Predisposição para acumular gordura no interior das artérias podendo causar aterosclerose, derrame ou infarto.

Doenças renais

Cálculo renal e insuficiência renal.

Câncer

O mais comum é o Linfoma.

Síndrome da perda de peso

É um termo que se refere à perda de 10% ou mais de peso sem causa aparente. Pode acontecer por causa das alterações metabólicas causadas pelo vírus, outras infecções oportunistas ou como efeito colateral dos medicamentos.

Muitos pacientes com AIDS também apresentam problemas neurológicos como problemas de memória, perda da memória, falta de concentração e dificuldade para realizar tarefas complexas.

Tratamento das doenças relacionadas à AIDS

O tratamento das doenças relacionadas à AIDS deve ser feito com o uso de remédios receitados pelo médico para o controle da infecção, além da terapia antirretroviral, com o uso do coquetel. No entanto, é possível que haja interação medicamentosa e para diminuir os sintomas desagradáveis do paciente o médico poderá indicar o uso de outros medicamentos.

O tratamento por vezes pode ser feito em casa, mas muitos médicos recomendam o internamento para que ocorra um melhor controle da infecção, aumentando as chances de cura. Após o controle da doença, o médico poderá recomendar que o paciente fique somente com a terapia antirretroviral e faça os testes da AIDS para confirmar a concentração de linfócitos e de CD4 no sangue.

Para ajudar na identificação da doença, veja quais são os principais sintomas da AIDS.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...