Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor de crescimento: Sintomas e Exercícios para aliviar a dor

A doença de Osgood-Schlatter, também chamada de Dor de Crescimento, é caracterizada por uma dor que surge na perna, próximo do joelho, na criança por volta dos 3 a 10 anos. Essa dor acontece mais frequentemente logo abaixo do joelho mas pode se estender até o tornozelo, especialmente à noite e durante as atividades físicas.

Acredita-se que a dor do crescimento seja uma consequência do crescimento ósseo mais rápido que o crescimento muscular, o que causa micro-traumatismos no tendão do quadríceps, que ocorrem quando a criança passa por um período de 'estirão', em que cresce muito rápido. Esta não é propriamente uma doença, e não precisa de tratamento específico, mas provoca desconforto, sendo necessária uma avaliação do pediatra. 

O mais comum é o surgimento de dor apenas na perna e próximo do joelho, mas algumas crianças podem apresentar esta mesma dor nos braços, e apresentar ainda dor de cabeça, ao mesmo tempo. 

Dor de crescimento: Sintomas e Exercícios para aliviar a dor

Sintomas 

A dor do crescimento causa dor e desconforto, principalmente ao final do dia, depois da criança ter feito atividade física, pulado ou saltado. As características são:

  • Dor na parte da frente da perna, perto do joelho (mais comum);
  • Dor nos braços, próximo do cotovelo (menos comum);
  • Pode haver dor de cabeça. 

A dor nestes locais normalmente permanecem por 1 semana, e depois desaparece completamente por alguns meses, até que depois volta a surgir. Esse ciclo pode se repetir durante a infância e adolescência. 

Normalmente o médico chega ao seu diagnóstico somente ao observar as características da criança e ouvir suas queixas, e muito raramente é necessário realizar exames, todavia o médico pode pedir um raio-x ou exame de sangue para excluir as chances de outras doenças ou de fraturas, por exemplo.

Como combater a dor no joelho e na perna

Como forma de tratamento os pais podem massagear o local dolorido com um pouco de creme hidratante, e a seguir pode-se colocar uma compressa de gelo enrolada numa fralda ou tecido fino, por 20 minutos, para diminuir a dor. Em dias de crise, recomenda-se também o repouso, evitando as atividade física extenuantes.

Exercícios para aliviar a dor

Alguns exercícios de alongamento que podem ajudar a aliviar a dor na perna são:

Dor de crescimento: Sintomas e Exercícios para aliviar a dor
Dor de crescimento: Sintomas e Exercícios para aliviar a dor
Dor de crescimento: Sintomas e Exercícios para aliviar a dor
Dor de crescimento: Sintomas e Exercícios para aliviar a dor

Normalmente a dor vai desaparecendo ao longo dos anos, e quando o adolescente atinge sua altura máxima por volta dos 18 anos a dor desaparece completamente.

Enquanto a criança ainda estiver em fase de crescimento a dor pode surgir, especialmente depois de praticar atividades com mais impacto como jogar futebol, jiu-jitsu ou outras que envolvam corrida. Assim, é mais indicado que a criança que apresenta a dor do crescimento evite esse tipo de atividade, preferindo algo com menos impacto como a natação e o Yoga.

Quando tomar remédios 

Normalmente o médico não indica a toma de remédios para combater a dor do crescimento, porque crianças e adolescentes não devem tomar medicamentos sem necessidade. Massagear o local, colocar gelo e descansar são medidas suficientes para controlar a dor e se sentir melhor. Todavia, quando a dor é extenuante ou quando a criança é um atleta que faz competição, seu medico pode recomendar medicamentos. 

Sinais de alerta 

Deve-se ir ao médico se a criança apresentar outros sintomas como:

  • Febre, 
  • Intensa dor de cabeça;
  • Perda do apetite;
  • Se tiver manchas na pele;
  • Dores em outras partes do corpo;
  • Vômito ou diarreia.

Estes são sinais de outras doenças, que não tem relação com a dor do crescimento, e a criança precisa ser avaliada pelo pediatra. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...