Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar e tratar a Doença de Bornholm

A Doença de Bornholm, também conhecida como pleurodinia, é uma infecção rara dos músculos das costelas que causa sintomas como dor intensa no peito, febre e dores musculares generalizadas.

Normalmente, o vírus que provoca esta infecção, e que é conhecido como vírus de Coxsackie B, é transmitido por alimentos ou objetos contaminados por fezes, mas também pode surgir após estar em contato com alguém infetado, uma vez que pode passar através da tosse.

Esta doença tem cura e geralmente desaparece após uma semana, sem necessitar de tratamento específico. No entanto, podem ser usados alguns remédios analgésicos para ajudar a aliviar os sintomas durante a recuperação.

Como identificar e tratar a Doença de Bornholm

Principais sintomas

O principal sintoma desta doença é o surgimento de uma dor muito intensa no peito, que piora ao respirar fundo, tossir ou ao movimentar o tronco. Esta dor também pode surgir por crises, que duram até 30 minutos e que desaparecem sem tratamento.

Além disso, outros sintomas incluem:

  • Dificuldade para respirar;
  • Febre acima de 38º C;
  • Dores de cabeça;
  • Tosse constante;
  • Dor de garganta;
  • Diarreia;
  • Dores musculares generalizadas.

Além disso, nos homens também pode surgir dor nos testículos, pois o vírus é capaz de provocar inflamação destes órgãos.

Estes sintomas podem surgir de forma repentina, mas desaparecem ao fim de alguns dias, geralmente após uma semana.

Como confirmar o diagnóstico

Na maioria dos casos, a doença de Bornholm é diagnosticada por um clínico geral apenas através da observação dos sintomas.

Porém, quando existe risco de a dor no peito estar sendo causada por outras doenças, como problemas do coração ou pulmões, o médico pode pedir alguns exames, como raio X do tórax ou eletrocardiograma, para descartar outras hipóteses.

Como é feito o tratamento

Não existe um tratamento específico para esta doença, pois o corpo é capaz de eliminar o vírus ao fim de alguns dias. No entanto, o médico pode receitar analgésicos, como Paracetamol ou Ibuprofeno, para aliviar as dores e o desconforto.

Além disso, é recomendado ter cuidados semelhantes ao de um resfriado, como descansar e beber bastantes líquidos. Para evitar a transmissão da doença também é aconselhado evitar locais com muita gente, não compartilhar objetos pessoais, utilizar máscara e lavar as mãos frequentemente, especialmente após ir no banheiro.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...